sábado, 12 de abril de 2008

ANSEIOS


ANSEIOS



QUE A SEMANA COMECE ASSIM


COM UM NÃO SEI O QUE DE ESPERANÇA E ALEGRIA,


COM UM SOL AFLITO A ENTRAR PELAS JANELAS


QUE NEM PRIMAVERA A ESPERAR PELO VERÃO


ASSIM, FEITO O SILÊNCIO DA MANHÃ ESPREGUIÇADA


EMBALADA PELO CANTO DAS CIGARRAS


FEITO UM BRILHO DE LUA ENFEITIÇADA


ENCANTADA PELO AMOR DOS NAMORADOS


QUE A SEMANA ENTÃO COMECE ASSIM


COM UM NÃO SEI O QUE DE VIBRAÇÃO ANTECIPADA


COM UM NÃO SEI O QUE DE NÃO TER FIM A MADRUGADA




7 comentários:

  1. Que comece assim, com esse gosto bom e bem forte de poesia sem fim.. Permaneça como semente para os dias bons e os ruins. Nossa, que delícia de leitura, Elcio. Um ótimo finde, com todo sentido de uma ótima semana!:-) Abraços.

    ResponderExcluir
  2. Boa noite, poeta. Obrigada por compartilhar! É lindo o seu eu vento, parabéns!:-) Sobre os meninos, gosto não... Amo aqueles meninos!!! São incríveis!!! :-) Beijos e tudo de bom!

    ResponderExcluir
  3. Que maravilhoso começar o dia com teus versos, embalá-lo com o carinho e cuidado de tua palavra.

    Neste momento em que te escrevo ainda dormes, mas aqui, no hemisfério norte, o dia já tomou seu curso.

    Abraço

    ResponderExcluir
  4. Ai...ai...
    Falar de anseios...faz o coração acelerar... e as vezes falhar.
    Ocilando entre razão e coração!
    Muitas dádivas para vc!

    ResponderExcluir
  5. só pq eu num venho aqui.. vc também não vai lá????
    huahuaauahu
    sacanagem...
    bjs

    ResponderExcluir
  6. E que termine a semana, também, com "um não sei que de esperança e alegria", e que se comece outra vez. E gosto dos finalzinhos do dia, da madrugada, da semana, só pelo prazer de saber que tudo começará de novo no ciclo do existir.
    Bom final de semana
    Um abraço
    Jacinta

    ResponderExcluir

Semeando