segunda-feira, 12 de maio de 2008

CAMINHOS DA ALMA


CAMINHOS DA ALMA



NOSSOS PASSOS SÃO COMO PENSAMENTOS
CAMINHAM EM SILÊNCIO PELOS CAMPOS DA ALMA
VAGUEIAM LIVRES POR ENTRE OS SENTIMENTOS
DESCOBRINDO SEGREDOS GUARDADOS NO TEMPO
NOSSOS PASSOS SELAM A ESTRADA SEM FIM
VIAJAM EM COMUNHÃO PELA ESSÊNCIA DA VIDA
ENFRENTAM SEM DESATINO E SEM DESESPERO
OS DIAS E AS NOITES QUE COLHEM DO TEMPO
NOSSOS PASSOS ENCONTRAM SEM MEDO O FUTURO
OBSERVAM NO TEMPO O PASSADO E O PRESENTE
RESISTEM ÀS SURPRESAS DO PRÓPRIO DESTINO
RESGATANDO NA ALMA O DESEJO PERDIDO
NOSSOS PASSOS FLUTUAM EM SONHOS
MUITO ALÉM DO QUE SE PODERIA IMAGINAR
E SINTO QUE PODEMOS ATRAVÉS DELES
IR ALÉM DO QUE A RAZÃO INSISTE EM NÃO QUERER
IR PRA UM LUGAR QUASE DESCONHECIDO
AINDA NÃO TOTALMENTE DESBRAVADO
ONDE RESIDE E CANTA A ALMA
ONDE A VIDA AINDA CORRE E PULSA
TÃO AUDAZ NOS CORAÇÕES
QUE ATÉ SORRI
A PRÓPRIA SINA

6 comentários:

  1. É... ver a vida como caminho é bonito. Bom seria sempre saber sorrir mesmo e apesar da própria sina.

    Um grande abraço.

    ResponderExcluir
  2. Gostei.
    Bastante.Grandes sentimentos.
    um abraço.

    ResponderExcluir
  3. Élcio!

    Lindo texto. Uma caminhada pela vida.
    Passos! Nossos passos como pensamentos que caminham em silêncio por todos os tempos... Belíssima reflexão.

    Grande abraço
    Ilaine

    ResponderExcluir
  4. "...passos que caminham em silêncio nos campos da alma..." Muito linda essa imagem! Belo poema!
    Beijos de carinho e muita luz...

    ResponderExcluir
  5. Elcio, impossível não renovar as forças mais profundas da alma, as da esperança, ao ler algo tão belo. Perfeito, poeta! Abraços. Um bom meio-domingo! Boa semana!

    ResponderExcluir

Semeando