segunda-feira, 3 de novembro de 2008


Bom dia galera, super enrolado, mas prometo responder a todos. Boa semana pra todo mundo...abraço na alma.
MEU OLHAR É VAZIO
JÁ QUASE SEM HORIZONTE
OLHO E NÃO VEJO
SINTO QUE NÃO SINTO
NEM FORÇA E NEM VONTADE
SÓ DOR, TRISTEZA
E O VENTO FRIO
QUE ME ESPREITA A ALMA


EU BUSCO A VIDA
MAS SOU O IMPROVÁVEL
E QUANDO CHORO
SOU LÁGRIMA
QUE CAI SOLITÁRIA
E NA FACE POUSA
ONDE O ROSTO QUEIMA
E OS OSSOS GEMEM


DEITO SEM JEITO
E A DIFICULDADE
QUE ME FAZ IMÓVEL
NÃO ME SURPREENDE
SÓ MALTRATA
É VELHA CONHECIDA
DA INFÂNCIA POBRE
E TAMBÉM SOFRIDA


SOU IMPASSÍVEL A TUDO
INCOMPREENSÍVEL A TODOS
E SEM PALAVRAS
SOU SÓ GEMIDOS
E BALBUCIOS
TENHO SONO, FRIO
CALOR, SUOR, ESPERANÇA
E REMÉDIOS TOLOS


AO MEU REDOR PESSOAS
QUE CUIDAM DE MIM
E ATÔNITAS ME OLHAM
COM PENA OU RESPEITO
COM DÓ OU AMOR
E EU SEM RESPOSTAS
NA MINHA QUIETUDE
SOU INTERROGAÇÃO

QUE CHORA E SILENCIA


ERREI E ACERTEI
NÃO FUI PERFEITA
DEI O QUE RECEBI
SE FOI POUCO
NÃO SEI DIZER
FIZ O QUE PODIA
O MEU POSSÍVEL
DIANTE O IMPOSSÍVEL
DO QUE NÃO PUDE
PEÇO ENTÃO PERDÃO


SOU UMA IDOSA
JÁ NÃO FALO
E POUCO ESCUTO
SEMPRE DORMINDO
JÁ NÃO ANDO
E ÓRFÃO DE MOVIMENTOS
VIREI UMA CRIANÇA
QUE NÃO BRINCA
NÃO CORRE
E NEM MESMO SORRI


MAS TENHO EM DEUS
O MEU MILAGRE
O MEU SONHO IMORTAL
QUE HÁ DE DESPERTAR
PLENO EM MINHA FÉ
QUANDO AQUI CHEGAR
EM BUSCA DA MINHA ALMA
A DERRADEIRA DESPEDIDA

8 comentários:

  1. Bonito, terno, tocante. Você traduziu bem - acredito - o que se passa num coração com muitos anos de vida.

    Postei um comentário no poema inacabado também

    ResponderExcluir
  2. Um jeito bem singelo de falar da vida que se envelhece no corpo em busca do encontro com a alma.
    Gosto do tema envelhecimento, gosto de conversar com pessoas idosas. Tenho um carinho especial pelos que fizeram o caminho e chegaram aos 60,70,80...e continuam
    Um abraço

    ResponderExcluir
  3. ...aí, só aí neste caso,
    sou adepta da fé.

    um acreditar que algo de bom existe
    a nos esperar do lado de lá.

    que lindo aqui como sempre!

    bjus

    ResponderExcluir
  4. Tenho uma duzia de amigos e parentes com mais de 80. Bem, alguns já se foram. Mas converso longas horas com eles e aprendo, aprendo muito, amigo Elcio. Grato pelas visitas ao Eu-lírico. As portas estarão sempre abertas e o "abraçamigo" e fraterno estará sempre a te receber.

    ResponderExcluir
  5. Fiquei refletindo sobre cada palavra aqui encontrada...
    As emoções tão bem retratadas...
    Sinceramente até parecia que incorporastes o interior de alguém vivendo sensações assim...tamanha a sensibilidade das palavras.

    Admiro seu belo Dom!

    Parabéns Poeta, por mais essa bela e rica criação!

    ResponderExcluir
  6. Aparentemente, não sou mais assim tão criança! rs

    Já questionei-me sobre o layout do meu blog, concluí que o que prevalece é o que vai na minha alma, a idéia é essa.

    obrigada pelo comentário e por fazer-me pensar..

    ResponderExcluir
  7. Oi Elcio!

    Tudo bem contigo?

    Sobre esse filme que tu comentou no meu blog eu não assisti pelo menos eu pesquisei na net e não me lembro de ter visto, se é o mesmo filme que eu estou pensando tem a atriz Fernanda Montenegro no elenco não sei se é esse que tu falou.

    Abraços!

    Luciana.

    ResponderExcluir

Semeando