terça-feira, 20 de janeiro de 2009

Com certeza as formigas trocm idéias...só bobagem...


Desculpem o tamanho da bobagem...mas, sei lá...resolvi postar esta bobagem...se tiver algum erro, perdoem, mas nem reli direito...valeuuuuuu

“Somos todos um, apesar de sermos tantos”...caramba...essa saiu agora...um abraço na alma


Com certeza as formigas trocam idéias

Ontem pensando na vida, pude constatar que as formigas trocam idéias.
É verdade...estava eu fazendo uma das minhas necessidades fisiológicas ( Estava escrevendo um poema, só isso...rs) quando de repente avistei um comboio de Polyergus Rufescens indo em direção à uma pequena fresta na parede da varanda. Reparei que enquanto umas iam, outras voltavam apressadas. Mas, quando se encontravam uma falava no ouvido da outra ( será que elas possuem ouvido? Sei lá. ) como se estivessem trocando alguma informação. Sendo assim fiquei de bobeira pensando nos diálogos, que na hora imaginei ser assim:

Formigas traficantes
Cara...a casa caiu, uma blitz feita por tamanduás da federal, apreendeu toda a nossa carga e ainda exterminou com nossas companheiras. Acho melhor voltarmos.

Carregamento abandonado
Corre amigo, um carregamento de folhas verdes foi abandonado ontem à noite pelas Polyergus Rufescens devido a um forte temporal, se você andar depressa ainda pode conseguir alguma coisa para o jantar. Valeuuuu...fuiiii...

Amigas
Oi amiga, tudo bem?
Tudo ok! E a família como está?
Vai bem, com certeza...as meninas estão todas crescidas e já namorando. É a vida né! Um feliz natal e um próspero ano novo para vocês todos viu!
Igualmente...beijo...a gente se vê amiga.

Amigos
E aí, quando é que vamos tomar aquele chopp no bar do Ecitron Burchelli? Ouvi dizer que lá agora fica show de bola, eles andam fazendo tira-gosto com uns tais fungos que são uma delícia.
Ahhh...marca com a galera e me avisa ok...um abraço.

Desempregado
Corre rapaz, porque a fila está enorme, a rainha está contratando operários para todas as frentes de serviço, mas as vagas não são muitas...anda, vai em frente e boa sorte...
Obrigado pela dica...fuiiii

Acho que é por aí, claro que cientificamente há controvérsias, mas prefiro a minha tese...rsss
Valeu galera, quem quiser ler a tese científica...basta continuar a leitura..rssss...valeuuuu

Comunicação
As formigas se comunicam geralmente por uma química chamada feromonas, esses sinais de mensagens são mais desenvolvidos na espécie das formigas que em outros grupos de himenópteros. Como as formigas passam a vida em contato com o solo, elas deixam uma trilha de feromônio que pode ser seguida por outras formigas. Quando uma obreira encontra comida ela deixa um rastro no caminho de volta para a colônia, e esse é seguido por outras formigas que reforçam o rastro quando elas voltam à colônia. Quando o alimento acaba, as trilhas não são remarcados pelas formigas que voltam e o cheiro se dissipa. Esse comportamento ajuda as formigas a se adaptarem à mudanças em seu meio. Quando um caminho estabelecido para uma fonte de comida é bloqueado por um novo obstáculo, as obreiras o deixam para explorar novas rotas. Se bem sucedida, a formiga retorna e marca um novo rastro para a rota mais curta. Trilhas bem sucedidas, são seguidas por mais formigas, e cada uma o reforça com mais feromônio (as formigas seguirão a rota mais fortemente marcada). A casa é sempre localizada por pontos de referência deixados na área e pela posição do sol; os olhos compostos das formigas têm células especializadas que detectam luz polarizada, usados para determinar direção. As formigas usam feromônio para outros propósitos também. Uma formiga esmagada emitirá um alarme de feromônio, o qual em alta concentração leva as formigas mais próximas a um furor de ataque; e em baixa concentração, as atrai. Para confundir inimigos, várias espécies de formigas também usam feromônios, que os fazem lutar entre eles mesmos
Como outros insetos, as formigas sentem o cheiro com longas e finas antenas. As antenas têm como cotovelos ligados ao primeiro segmento alongado; e visto que vêm em pares-como visão binocular ou equipamento de som estereofônico elas obtêm informações sobre direção e intensidade. Quando duas formigas se encontram, tocam as antenas e as feromonas que estiverem presentes fornecem informação sobre o estado de alimentação de cada uma, o que pode levar à trofalaxia, ou seja, uma delas regurgita a comida para a outra.

9 comentários:

  1. Não é bobagem, não...gostei de te ler!! Beijos.

    ResponderExcluir
  2. Escrever, necessidade fisiológica.Gostei e concordo!Lol
    Adorei ler a história das formigas e tenho muita curiosidade quando as vejo sempre tão apressadas e tb me fazem pensar o que vai naquelas cabecinhas.Lol
    Acho que a nossa imaginação é tão grande que tal como o meu amigo Élcio consigo logo imaginar mil e uma coisas.
    Um beijo grande.

    ResponderExcluir
  3. Caramba!!..adorei..aula sobre formigas, criatividade, humor, inteligência...

    Também observo formigas, fico imaginado o que dizem. Mas minha relação com elas não são amigáveis, trauma de infância (tenho uma história que nunca coloquei no blog). Eu sou perversa com as formigas...serial killer.

    abraços

    ResponderExcluir
  4. “Somos todos um, apesar de sermos tantos”

    Quando eu penso que estou entendo uma de mim, aparece outra...agora entendi.

    bjs

    ResponderExcluir
  5. ________________________________

    Parabenizo sua criatividade e imaginação!


    Beijos de luz e o meu carinho...

    ________________________________

    ResponderExcluir
  6. A minha 'trofalaxia' que palavra bonita. Nunca gostei da palavra vômito. Sempre prefiro refluxo. Parece que é mais limpo e menos fedido.
    ( lembras da 'princesa' a cadela de estimação de uma vizinha?) Então, se a 'princesa' pensa e mais que isto, pensa que é gente, as formigas também podem. Estás certo em teu pensar.

    O diálogo foi incrivelmente criativo.

    Amei a tua originalidade.
    Bobagem nada isto deve ter feito muito leitor rir.
    Este teu texto é muito importante.
    Fazer rir é importante e eu ri.

    Gol do Élcio.
    10 x 1.


    Abraços e carinho.

    ResponderExcluir
  7. AS formigas, assim como as abelhas são muito organizadas. Há uma verdadeira divisão do trabalho entre elas. Escrever paar vc é uma necessidade fisiológica? Sabe que para mim também?
    Elcio:
    Postei no Galeria. É uma postagem que me dá orgulho. Gostaria que vc fosse apreciá-la e que deixasse a sua opinião. Mas é no Galeria, se vc quiser ir aos outros Blogs, vá depois.
    Um abraço,
    Renata

    ResponderExcluir
  8. Aja assunto!!!
    E, claro, criatividade....
    rsrsrsrsr
    Adorei!

    ResponderExcluir

Semeando