quarta-feira, 18 de fevereiro de 2009


Olá pessoal, a correria está grande, mas hoje, apesar de tudo, foi um dia proveitoso em todos os sentidos. Acabei de chegar da facul, e como lá tambem deu tudo certo na apresentação e defesa do trabalho, resolvi fazer um post mesmo estando quebradaço. É que no finalzinho da aula ainda saiu este poeminha...logicamente que na correria...rs...no frigir dos ovos...rs....Bom...até sexta ainda vou tentar comentar, mas se não conseguir, o carná está vindo aí e prometo tirar um tempinho para visitar os amigos e colocar os coments em dia ok...amanhã cedão de novo...aff...mas tá bom demais...rs
Um abraço na alma de todos...deixa eu correr...valeuuuu



Eu, correria

Ando correndo
Tentando alcançar o tempo
Ando correndo
Tropeçando nas palavras
Ando correndo
Perdoando os propósitos
Ando correndo
Alertando o poema
Ando correndo
E esquecendo dos medos
Ando correndo
Para lembrar minha pressa
Ando correndo
Abraçando os momentos
Ando correndo
Para chegar mais depressa
Ando correndo...ando corrennnnnnnnnn...fuiiiiii

23 comentários:

  1. Ei senhor verseiro corredor,

    onde vais com tanta pressa?! rs

    Em tempo para lhe dizer que mesmo correndo semeias bons versos!

    bjs e cuide-se direitinho!

    Ester.~

    ResponderExcluir
  2. Amigo não se preocupe comigo. Se não der pra me visitar eu entendo.
    O que eu não entendo é o teu fôlego poético!

    Ando correndo
    Para lembrar
    minha pressa.
    Eu também ahahah
    isso sou eu...
    Abraços

    ResponderExcluir
  3. Podias pelo menos me esperar..rsrsrs
    Pra que tanta pressa?
    Mesmo apressadinho, ficou lindo!


    Beijos e carinhos!

    ResponderExcluir
  4. Élcio teus poemas são imagéticos e eu sou hiper-power sensorial-plus...

    Então eu vi o Eu-Élcio assim:

    O Eu-correria juntou-se ao
    Eu-pressa e ambos foram negociar com o o Eu-tempo.
    Chegou o Eu-palavra e, em parceria com o Eu-propósito do Eu-Élcio, venceram o Eu-medo e escreveram o Eu-poema do Eu-momento.

    Adorei isso.

    Carinho,

    Mai

    ResponderExcluir
  5. Há momentos na vida assim. Corra, mas respire. Corra, mas veja as belezas. Corra, mas descanse. Corra, mas se ame. Corra e seja feliz no percurso.

    abraços e um dia mais calmo.

    ResponderExcluir
  6. rsrsrs...
    Vai fundo, correeeeee...Enquanto há fôlego e entusiasmo. Que bom!
    Qto ao poeminha apressado, adorei. Deu enorme vontade de correr tb. Vou correr. Correndo...fui!
    rsrs
    Abraço carnavalesco!

    ResponderExcluir
  7. ZRUMMMMMMMMMMMMM
    ZRRRUMMMMMMMMMMMMMMMMM
    ZRUMMMMMMMMMMMMMMMMMMMMMMM!!
    MAIS RÁPIDO QUE O VARRICHELO...
    SE BEM QUE ISSO NÃO QUER DIZER MUITA COISA NÉ???
    HAHAHAH
    TÔ CHEGANDO...

    ResponderExcluir
  8. Quanta correria Moço!rsrs
    Ao ler lembrei da minha correria para colocar o serviço em dia, nessa semana...

    Olha vou pedir a Deus para liberar as suas asas, assim ao invés de correr você voa!rsrs

    És um anjo! Um anjo poeta!

    Um abraço carinhoso e um belo feriado de carnaval!

    ResponderExcluir
  9. Parece que cada vez o tempo passa mais rapido, não dá para tudo o que precisamos de fazer
    beijos

    ResponderExcluir
  10. Matando aula????
    Que coisa heim?!
    rsrs
    Estou brincando tem dias que realmente não dá para conciliar tudo!

    Eu estou na net pesquisando um trabalho para a Faculdade.
    E ouvindo as músicas do blog...rsrs

    Beijim

    ResponderExcluir
  11. Amigo Elcio,

    Imaginando sua versatilidade e sensibilidade na correria do poema.

    Abraços!

    ResponderExcluir
  12. Que delícia de correria!
    Se na correria ficou assim, imagina com calma hein!
    Sou suspeitíssima pra comentar, pois sou fã dos teus poemas de carteirinha e sindicalizada!rsrsrs
    Obrigada pelo carinho deixado lá em "casa" meu querido!
    Tem dias que bate aquela saudade das pessoas que amamos não é?
    Bom descanso meu querido e amanhã pego a estrada. Quando voltar, venho te ver ok? Beijos.

    ResponderExcluir
  13. vim agradecer, sua carinhosa visita,ecomentário,adorei passear por aqui.Aonde quer que eu vá, eu descubro que um poeta esteve lá antes de mim".
    S. Freud
    Beijos
    Mari

    ResponderExcluir
  14. Sabe, gostei do esquecendo os medos e abraçando os momentos. Então mesmo correndo é viver, viver e viver e viver......


    beijos

    ResponderExcluir
  15. Não corra tanto, hoje é tempo de 'pular' na avenida e ser feliz!!!
    Parabens pelo 'deu tudo certo' na faculdade!!!
    rsrsrs
    Bjs

    ResponderExcluir
  16. Poeta Elcio
    Estou viajando hoje para aproveitar o feriado de carnaval.
    Espero que vocês também aproveitem bastante!!!
    Quando retornar venho lhe visitar!
    Um beijo carinhoso

    ResponderExcluir
  17. Oi Elcio, tudo bem contigo?

    Eu tive uns problema no Blog e então estou acompanhando alguns Blogs anonimamente e o teu é um, ok?


    Não vi esse filme só conheço a música, mas geralmente os filmes do Robert Redford são bons.

    Obrigada pela visita.

    Abraços e um excelente feriado!

    ResponderExcluir
  18. Adorei seu poema!
    Ás vezes me sai alguns também do nada, em lugares que as vezes nem dá para registrar, eu num gosto muito quando isso acontece, por que sei que estou perdendo poemas, ainda mias quando saem lindos, mas eu sei que de onde este veio pode vir muito mais, logo nem me preocupo tanto.
    Passa no meu blog, depois.
    Beijos.

    ResponderExcluir
  19. Olá Elcio,

    Ao ler este teu post lembrei – me da correria em que, também eu, ando sempre … razão pela qual não tenho conseguido passar por aqui com a frequência pretendida …

    Agora fizeste – me rir (no bom sentido, claro) – é que ao ler o que escreveste estava a imaginar a minha própria vida … até o teu pormenor de teres arranjado um tempinho para escreveres o teu poema no meio da canseira … Gostei!

    Um forte abraço,
    Carla

    ResponderExcluir
  20. Bem Elcio,

    Quanto ao poema – está uma verdadeira delicia! Adorei! Cheio de sentido de humor!

    ( )s,
    Carla

    ResponderExcluir
  21. No corras tanto...

    Detente y observa...

    Siente por dentro...

    Tu corazón no anda de prisa,

    lo habrás notado?

    Cariños,

    Lidia

    ResponderExcluir

Semeando