sábado, 21 de fevereiro de 2009



Olá pessoal...um ótimo feriado para todos, bom carnaval...
Depois apareço para comentar...nada de correria...rs...quero descansar...quero sol...
Um abraço na alma folia...rs


Seja bem vinda simplicidade!

Eu hoje acordei simplicidade
Com o sol sorrindo em minha janela
Recebi um abraço do vento
E solidário retribui olhares ao bem-te-vi
Joguei beijos para o beija-flor
E agradecendo aos céus pela natureza
Impregnei de poemas meu café com leite
Para assim saborear as idéias que passei no pão

Depois fui colher palavras num pé de versos
Para lambuzar de alegria a minha alma
Saboreando velhos frutos imaginários
Colhidos carinhosamente num pé de nostalgia
Até que de repente acordei
E abri com receio os olhos da minha alma
E lá estavam elas, inertes, enraizadas no cinza frio do asfalto
A não natureza, a não fraternidade e a não simplicidade
Foi neste momento que percebi que não basta a pureza do beija-flor
E nem mesmo o canto alegre do bem-te-vi

Há de se doar para o mundo não só o calor do sol
Mas o calor humano, a fraternidade,a simplicidade
Há de se fazer realizar não só os grandes sonhos
Mas as pequenas necessidades, os pequenos gestos
Há de se fazer nascer um novo tempo, um novo mundo

Onde os corações pulsem num outro ritmo
Embalados pelas sons das canções de solidariedade
Pra que assim os girassóis possam brotar na dureza dos asfaltos
Aí eu poderia sem dúvidas afirmar, que isso também é "AMOR"

27 comentários:

  1. Tudo aquilo que se tem condensado e o bastante, se expande, multiplica, esprai...

    Assim é quem ama...
    Assim é quem tem a palavra que constroi.

    Assim é o amor, a poesia e o poeta.

    Mais um dos grandes.

    Carinho,
    Mai

    ResponderExcluir
  2. "Depois fui colher palavras num pé de versos
    Para lambuzar de alegria a minha alma..."

    Quero uma mudinha desseu "pé de versos"...
    Vc me da?rsrs
    Uma assim, que me lambuze de alegria!!!
    Tá muito lindo, seu poema!

    beijo avassalador

    ResponderExcluir
  3. Oi amigo Élcio!

    trouxe um convite especial para vc:


    Estou passando nos blogues amigos para convidá-los a participarem da Blogagem Coletiva sobre “INCLUSÃO SOCIAL” que acontecerá no próximo dia 09/03/2009.

    Ficarei muito feliz de poder contar com sua participação!
    Se for participar, por gentileza, deixe um recado no blog Esterança.

    Desde já, muito grata!

    Ester

    ResponderExcluir
  4. Também te desejo um ótimo carnaval!
    Aroveite bem, se cuide............ tenha juizoooo,rsrsrssr!
    Bjs....carnavalescos....
    Dina

    ResponderExcluir
  5. Poema Estado de Graça.

    Abraço forte, Elcio.
    Feliz carnaval.

    Continuemos...

    ResponderExcluir
  6. Olá, Maratonista Verseiro.
    Seu Pé de Verso é todo muito lindo, viu.
    E ter acordado simplicidade mais ainda.Espero que você descanse dessa correria toda mas volte logo para apressar mais belezas por aqui.E a gente ler.
    Abraços carnavalescos.

    ResponderExcluir
  7. Oi Élcio!

    Sua adesão é importantíssima para mim! Fico muito feliz de saber da sua participação!

    Pode e deve ser um poema sim, qualquer manifestação, seja escrita, em vídeo, desenho, em prosa ou verso é válido.

    bjs e obrigada!!
    Ester

    ResponderExcluir
  8. Ah..

    não esquece de colar o selo da blogagem em seu blog, ok?! Isso ajudará muitíssimo na divulgação...


    bjs,

    ResponderExcluir
  9. _________________________________

    Há sim, de nascer um outro tempo!

    Mais provavelmente, dentro de nós mesmos... Mudando nosso modo de olhar os fatos e as pessoas, tudo muda!

    Bela reflexão em suas palavras, meu amigo!

    Beijos de luz e um ótimo feriado...

    _________________________________

    ResponderExcluir
  10. Olá Elcio,
    Te desejo um excelente feriado e descanso.
    E que sempre emane a simplicidade, pois ela é sempre bem vinda, quando temos o coração acordado.

    Um grande abraço!

    ResponderExcluir
  11. Aproveita o sol e esquece mesmo a correria, Elcio. E gostei muito do "Eu hoje acordei simplicidade". E você é poeta. Agradeço sempre seus comentários. Percebo que são naturais e é bom ser compreendida assim.

    Como você diz... Um abraço na alma.

    Vou praticar esse exercício de acordar simplicidade. Perfeito, Elcio.

    ResponderExcluir
  12. Oi Elcio!

    Valeu pelo comentário.

    Precisamos reaprender novas canções: as canções da vida.

    Um abraço fraterno!!!

    ResponderExcluir
  13. Oi Elcio, quase todos os filmes do Tom Hanks são bons, o Náufrago é bom por que um ator para segurar um filme do inicio ao fim sozinho tem que ter muito talento.

    Obrigada pela visita.


    Bjs.

    ResponderExcluir
  14. Simplicidade, solidariedade, um olhar fraterno, uma boa escuta, uma mão estendida....amor.

    Um poema visual. Consigo tranformar as palavras em imagens.

    (Élcio, aliar trabalho e momentos de lazer é quase uma tentativa de fazer brotar girrasóis do asfalto. É tentar tornar menos árduo esse caminhar. E o blog, que são vocês, torna os momentos de vida interessante.)


    abraços na alma (plaginado você rsrs)

    ResponderExcluir
  15. Passei para uma pequena visita, lindo o seu blog. Espero voltar por aqui.

    abraços - Mangarosa

    ResponderExcluir
  16. Passando e recordando, Elcio.

    Um abraço de domingo.
    Continuemos...

    ResponderExcluir
  17. Olá Elcio,

    Nossa que lindo!

    Você tem razão. As vezes as pequenas coisas da vida fazem toda a diferença!

    Beijo grande :)

    ResponderExcluir
  18. Olá amigo,

    Que poema tão bonito! Adorei!

    Só de passar por aqui já fiquei cheia de energia positiva! Bem – haja,
    Carla

    ResponderExcluir
  19. Somos um todo né.
    Comenta nesse blog http://gabitheladyofroses.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  20. Poeta,
    Lindo seu poema,cheio de luz!
    O girassol, é minha flor predileta.
    Parabéns!
    um grande abraço

    Mari

    ResponderExcluir
  21. Bom descanso, bom 'sol', boa sombra, boa água fresca, que ninguém é de ferro e somos todos merecedores!!!
    Bjs

    ResponderExcluir
  22. Sempre receber a vida pelos braços da natureza é se encontrar em si mesmo. Carinhosamente Dinigro Rocha.

    ResponderExcluir
  23. Bellísimo poema!!!

    También combinas tus palabras con la imagen, que bueno!

    Gracias por tu visita...

    Cariños,

    Lidia

    ResponderExcluir
  24. OLá Elcio, que alegria receber sua visita no Letra e fel!!!
    Passenado pelo teu blog vi que publicamos nas mesmas antologias, a palavras verdes e algumas outras... Bem, um pé de versos, que riqueza!!!! tudo o que o mundo precisa nesse momento limite em que vivemos, quando a natureza sofre coma irracionalidade escobdida sob a máscara de racionalidade e conhecimento.
    É isso, precisamos de simplicidade...
    Um abração
    renata

    ResponderExcluir
  25. Ei!! Vim retribuir a visita, vou passear com calma entre seus canteiros de palavras.
    Bjins entre sonhos e delírios

    ResponderExcluir

Semeando