sábado, 7 de março de 2009

Já faz parte, a minha arte, é brincar de renascer...

Olá pessoal... to de volta...aproveitando o feriadão aqui...só não posso prometer frequência...os coments estão abertos ok. Bem...defino minha volta repentina com um trecho de uma música do kleiton e Kledir, de que gosto muito...que se chama "Bry" e que é assim...


Bry-sur marne
Nunca é tarde
Tô de volta outra vez

Já faz parte
A minha arte
É brincar de renascer...Bom...to de volta..do jeito que der...rsrs...

Coloquei estas imagens, mas o universo feminino vai muito além...
Depois das imagens, deixei um texto sobre as mulheres...(não sei quem é o autor, apenas gostei e resolvi postar) só peço que não deixem de ler a frase final ok? Pois a frase é minha...rsrsrsrsrs....Um abraço na alma...Um super domingo para todos nós...inclusive para os que não são mulheres...rsrsrs


























Que o outro saiba quando estou com medo e me tome nos braços sem fazer perguntas demais. Que o outro note quando preciso de silêncio e não vá embora batendo a porta, mas entenda que não o amarei menos porque estou quieta.
Que o outro aceite que eu me preocupo com ele, e não se irrite com minha solicitude, e se ela for excessiva saiba me dizer isso com delicadeza ou bom humor.

Que o outro perceba minha fragilidade e não ria de mim, nem se aproveite disso. Que se eu faço uma bobagem o outro goste um pouco mais de mim, porque também preciso fazer tolices tantas vezes.

Que se estou apenas cansada o outro não pense logo que estou nervosa, ou doente, ou agressiva, nem diga que reclamo demais. Que se começo a chorar sem motivo depois de um dia daqueles, o outro não desconfie logo que é culpa dele, ou que não o amo mais.

Que se estou numa fase ruim o outro seja meu cúmplice, mas sem fazer alarde nem dizendo: "Olha estou tendo muita paciência com você!"

Que se me entusiasmo por alguma coisa, o outro não a diminua, nem me chame de ingênua, nem queira fechar essa porta necessária que se abre para mim, por mais tola que lhe pareça.

Que quando sem querer eu digo uma coisa bem inadequada diante de mais pessoas, o outro não me exponha nem me ridicularize. Que quando levanto de madrugada e ando pela casa, o outro não venha logo atrás de mim reclamando: "Mas que chateação essa sua mania, volta para cama!"

Que se eu eventualmente perco a paciência, perco a graça e perco a compostura, o outro ainda assim me ache linda e me admire. Que o outro - filho, amigo, amante, marido - não me considere sempre disponível, sempre necessariamente compreensiva, mas me aceite quando não estou podendo ser nada disso.

Que, finalmente, o outro, entenda que mesmo se às vezes me esforço, não sou, nem devo ser, a mulher-maravilha, mas apenas uma pessoa: vulnerável e forte, incapaz e gloriosa, assustada e audaciosa... uma mulher.

E se um dia alguém tiver a coragem de inventar o dia internacional do homem, que este texto possa ser usado da mesma maneira pelas mulheres...rssrsrs

FELIZ DIA INTERNACIONAL DA MULHER...VOCÊS MERECEM...UM ABRAÇO NA ALMA

9 comentários:

  1. "Que o outro, filho, amigo, amante, marido - não me considere sempre disponível, sempre necessariamente compreensiva, mas me aceite quando não estou podendo ser nada disso..."

    Elcio, de todo esse texto, que é lindo, para mim, a frase acima resume nossa vontade... ( E concordo com vc, quando inventarem o dia Internacional do homem, ser pros dois...rsrsrs)
    Não somos e não conseguimos ser o tempo todo compreensiva, disponivel,bem humorada, linda maravilhosa... Que o outro nos ame naqueles dias em que estamos pésssimas... Sem cobranças!

    Um abraço, e obrigada por seu carinho em voltar para nos homenagear!
    Sinto falta de vc...


    Beijo avassalador!

    ResponderExcluir
  2. Hermoso homenaje, bellas palabrs, gracias!

    Un abrazo!

    Lidia

    ResponderExcluir
  3. Élcio,
    Que belo retorno!
    Seu texto, simplesmente,perfeito!
    Quantas mulheres presentes em suas palavras. Eu sou muitas delas!
    Obrigada pela sensível homenagem!

    ResponderExcluir
  4. Vixiiiiii
    Que coisa linda esse texto!!!!!
    Volta triunfal???
    rsrsr

    Como acabei de postar em outro blog, Infelizmente precisou haver um massacre para que o dia da mulher fosse criado.
    O mundo. Sempre esperando coisas ruins acontecerem para consertar!!!!
    Mas ta valendo!
    Beijos

    ResponderExcluir
  5. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  6. É, amigo, você me emociona, me emociona por ter voltado, por mostrar que renascer faz parte do processo de viver, por abrir os comentários, porque é ruim, ler, se emocionar e não poder dizer nada...

    Me emocionou quando me vi nas escolhas das imagens. Em cada rosto, em cada prega, no balde rsrs (essa parte é minha mão reclamam, nas mãos que trabalham, só não me vi no bumbum e na cinturinha da jogadora, mas tudo bem, nem tudo é perfeito, rsrs

    E quando falou de ler sua frase no final, corri para o final, se adorei.

    Minha homenagem está diferente, e você com certeza com sua sensibilidade está homenageado.

    abraços carinhosos

    ResponderExcluir
  7. Uma homenagem perfeita. Carinhosamente Dinigro Rocha.

    ResponderExcluir
  8. Linda homemagem amigo Elcio Fenix.
    Um texto de emocionar e depois rouba um sorriso.
    Hoje aprendi, tudo pra elas e nada para Cesar. Elas me aturam aqui em casa. São boas e criativas. Adoro isso!
    Abraço

    ResponderExcluir
  9. Oi,amigo querido.
    Fiquei tão aflita em não ter conseguido postar comentário outro dia...
    Mas agora vou às forras...

    Belíssimo texto, belo teu regresso.
    Brindo tua volta.

    Brindemos à resistência...

    Carinho,
    Mai

    ResponderExcluir

Semeando