sábado, 7 de março de 2009


OLá pessoal, pegando carona no poema da Clarice...só para matar a saudade, mas ainda tem amanhã, Dia Internacional da Mulher e segunda...blogagem coletiva...feriado por aqui e aula só na quarta...então...é isso...Um abração na alma de todo mundo...


Não entendo. Isso é tão vasto que ultrapassa qualquer entender. Entender é sempre limitado. Mas não entender pode não ter fronteiras. Sinto que sou muito mais completo quando não entendo. Não entender, do modo como falo, é um dom. Não entender, mas não como um simples de espírito. O bom é ser inteligente e não entender. É uma benção estranha, como ter loucura sem ser doido. É um desinteresse manso, é uma doçura de burrice. Só que de vez em quando vem a inquietação: quero entender um pouco. Não demais: mas pelo menos entender que não entendo.

Clarice Lispector



Filhota Elis...

SONHAR

SONHAR É QUALQUER COISA DE BOM
DÁ COR AO QUE VOCÊ DESEJA E QUE AINDA NÃO PODE
DÁ UM TOM DE REALIDADE AO SENTIMENTO
ENGANA A DESESPERANÇA COM UM TERNO OLHAR DE QUEM
JÁ TEVE
DÁ AO CORAÇÃO UM SOPRO DE VIDA
UMA QUASE VENTANIA
UMA IDÉIA FIXA DE QUE É POSSÍVEL
MESMO QUANDO TUDO TE MOSTRA O CONTRÁRIO
AÍ A GENTE DÁ FÉRIAS PRA TRISTEZA,
E COLOCA A FELICIDADE PRA TRABALHAR.

ELCIO TUIRIBEPI

É isso Elis, para que as coisas aconteçam, antes de tudo é necessário sonhar, acreditar e ir em frente, mas nunca se esqueça de manter os pés no chão...Feliz Aniversáriooooo...sonhe...realize e pode continuar a contar comigo...sempre...
Bjo na alma...DO SEU PAIAÇO...