domingo, 5 de abril de 2009

Quem me dera fosse mentira a verdade contida



Galera, semana super corrida...um abração na alma de cada um...provas e trabalhos...
Mas eu apareço...deixo um pedaço de um poema...

Quem me dera fosse mentira a verdade contida

Às vezes tênue, tão tênue
que traz na alma o encanto
e a delicadeza mesmo quando incontida.
Absorta em meus pensamentos
quem dera fosse mentira a verdade contida
que faz brotar em meus olhos comovidos
a lágrima mais suave e doce...
a que sorri quase chorando
em face de seus anseios
De elucidar-se com a certeza
De que a saudade é o não saber
Por onde andam as flores
Que se perderam na solidão do outono

18 comentários:

  1. Boa semana!
    Gostei desse trecho aqui:
    "De que a saudade é o não saber
    Por onde andam as flores
    Que se perderam na solidão do outono"

    Beijos Tempestuosos!

    ResponderExcluir
  2. Oi querido amigo! Que saudade!

    mesmo correndo deixa-nos coisas lindas aqui!

    Desejo-lhe uma semana mais tranquila e mais poética.. rs!

    bjs meus,s

    ResponderExcluir
  3. Putz, Élcio, ler você na véspera da terça, logo cedo e chovendo, é covardia. rsrsr

    Olha o que você diz:

    "De que a saudade é o não saber
    Por onde andam as flores
    Que se perderam na solidão do outono"

    Fica até bonito e gostoso sentir saudade.

    Quando sentir saudade agora vou me imaginar num campo de flores, coloridas,sentindo a brisa e o perfume.

    Se continuar com a semana apertada e poetando, está perdoado.

    uma semana bem boa. beijo

    ResponderExcluir
  4. Nossa, que lindo esse poema, só o título eu fiquei meditando nele, no restante do poema, quanta verdade e beleza pra retratar o que diz.

    Amei, e uma ótima semana pra ti, que ela não seja corrida, mas que você corra adiante e vença cada objetivo ta.

    Ótimas provas e trabalhos, e volte sim, vc é necessário.

    Bjs no coração
    Chris

    ResponderExcluir
  5. Se um pedaço nos faz emocionar assim... imagino o poema inteiro!
    *
    Saiba que é muito bom abrir minha
    página de recados e lá encontrar
    as suas palavras.
    Obrigada por seu carinho!
    Tenha uma excelente semana!
    Beijos

    ResponderExcluir
  6. Como sempre, Elcio, seus poemas são perfeitos.

    "De que a saudade é o não saber
    Por onde andam as flores
    Que se perderam na solidão do outono."

    (Elcio)

    Muito lindo.

    ResponderExcluir
  7. Élcio, vc deixa um doce pedaço de amor em forma de poema!
    Ah, poeta! Vc é encantador!

    Uma boa semana pra ti!


    Beijos avassaladores!

    ResponderExcluir
  8. Élcio, você vai ser o bode espiatório do meu choro. rsrsr

    Estou aqui sentada lendo blogs, meu grande prazer, e só entrou até agora comentários de pessoas mais que especiais, me controlo para não vir aos blogs conversar. Da imensa emoção. Mas você falou comigo - "a pressa é inimiga da perfeição", sabe que dormi pensando nisso? E agora choro.

    Mas você me repete o final do que escrevi, e isso é a minha verdade, minha proteção para sofrer menos diante dos sonhos que não posso realizar como gostaria.

    Entro aqui e a mão com a borboleta, me acolhe, ou melhor, eu queria que o meu sonho me estendesse a mão assim. Mas eu sou a borboleta e preciso voar, sonhar, ir. Ir até o limite do meu horizonte. Preciso dizer que fui. Que fiz. Se a borboleta voltar capenga, triste, ela lembrará que foi. Que o seu sonho, foi toda a imensidão do ser, foi a oportunidade de viver maravilhosos sonhos.

    obrigada por me fazer chorar. Esvaziar os olhos que não conseguem ver muita esperança de realizar o sonho. Um sonho apenas, que já trouxe muitos sonhos e realizações.

    Fica com Deus, amigo.

    ResponderExcluir
  9. Nossa, que lindo! Comecei ler com uma expectativa, mas os três últimos versos udaram tudo. Adorei!
    Élcio:
    Resenhei a Última Tentação de Cristo e apresento as obras de David Hockney no Galeria. Espero que me visite. Acabo de voltar de uma pequena intervenção cirúrgica. Foi o meu irmão quem postou para mim.
    Um beijo,
    Renata
    PS: Leia só o poema

    ResponderExcluir
  10. Que sorri quase chorando... Que delicia uma mulher assim! Quem me dera amigo. Que você é um poeta todos nós já sabemos e emocionante também. Abraço amigo

    ResponderExcluir
  11. ________________________________

    ...lindo! Muito lindo o poema...


    Beijos de luz e até mais ver, meu amigo Elcio!

    __________________________________

    ResponderExcluir
  12. Uauuuu!

    Estou encantada com seu blog...
    Simplismente:

    L
    I
    N
    D
    O

    Te conheço agora e passo a te seguir.

    Um forte abraço.

    ResponderExcluir
  13. ...meu Deoooossss...rsss

    aqui só se respira poesia
    de verdade.

    um bj, poeta!

    ResponderExcluir
  14. Quanta saudade de ti meu amigo e quanta saudade dos teus versos.
    Ainda bem que vim aqui hoje para poder ler esta lindeza...
    "se perderam na solidão do outono"

    Um grande beijo e um abraço muito apertado meu lindo!

    ResponderExcluir
  15. Aproveite bastante o feriado!
    *
    Desejo para você Elcio
    e todos que você ama
    uma Feliz Páscoa!
    Um beijo carinhoso

    ResponderExcluir
  16. Humm correndo igual eu....nao pode parar ne meu amigo.....

    abraçao

    ResponderExcluir
  17. Que presente!!!
    Lindo post!
    Feliz Páscoa pra você e pra sua família!
    Bj grande!

    Visite o Orgulho de Ser
    http://nadejane.blogspot.com

    ResponderExcluir

Semeando