terça-feira, 5 de maio de 2009



UM DOS PRIMEIROS POEMAS QUE POSTEI...FALTA DE TEMPO, FALTA DE POEMAS NOVOS...RSRS
MAS, TEM DOIS AINDA NO FORNO DA ALMA... QUASE PRONTOS...
UM ABRAÇO NA ALMA...BOA SEMANA PARA TODO MUNDO...


METAMORFOSE DAS LÁGRIMAS


SE POR ACASO ENCONTRAR COM A TRISTEZA
E ESSA TRISTEZA REPENTINA LHE CHORAR
RECOLHA CADA LÁGRIMA E A TRANSFORME
DÊ A ELAS A INCUMBÊNCIA DE UMA LETRA
DEPOIS COM CALMA FAÇA DELAS LINDAS PALAVRAS
AÍ ENTÃO AS TRANSPORTE PARA A ALMA E O CORAÇÃO
PRA QUE LÁ POSSAM RECOLHER OS SENTIMENTOS
E ASSIM JÁ POSSUÍDAS PELA TUA ESSÊNCIA
POSSAM SE TRANSFORMAR EM FRASES CARREGADAS DE EMOÇÃO
PRA QUE A PARTIR DAÍ, DESTAS FRASES, POSSA FLUIR O AMOR
E DESTE AMOR POSSA NASCER A POESIA
E DESTA POESIA BROTAR O QUE ESTÁ EM TI
PRA QUE ASSIM VOCÊ DESABAFE NOS VERSOS A TUA TRISTEZA
DESMANCHANDO TODA A MÁGOA QUE AINDA EXISTE
DESFAZENDO TODO O PRANTO QUE AINDA INSISTE
EM SER DA ALMA AO MESMO TEMPO ALEGRE E TRISTE
AO SER DE NÓS UM TANTO AMARGO O DEDO EM RISTE
PRA QUE AGORA POSSA ENTENDER QUE NÃO TEM JEITO
OS CAMINHOS JÁ VIVIDOS QUE NÃO VOLTAM
PRA QUE AGORA SE REFAÇAM AO SURGIR EM PAISAGENS
NOVAS TRILHAS NUNCA ANTES PERCORRIDAS
NOVAS ESTRADAS EM QUE O SOL SEJA PARTILHA
EM ALGUM CANTO NAS MANHÃS DE NOSSAS ALMAS

9 comentários:

  1. Aqui um poema que revela o poder alquímico da escrita, do versar, da poesia, da literatura.
    Lágimas transmutadas em letras e versos.

    Isto é alquimia isto é magia?
    Tristeza indo, poema chegando.
    Um pé de versos ferutifica poemas
    E o pé de tristeza frutifica lágrimas.
    Prefiro os frutos-poemas.
    Não me apetece cultivar tristeza.

    Eu não havia lido este.
    Carinho,

    Mai

    ResponderExcluir
  2. Élcio. Entendi o processo...As lágrimas são recolhidas, armazenadas, são energizadas pelas emoção, "banhadas" no óleo do amor, recebem as vivências do autor, transformam-se em versos e, a partir daí, está exteriorizada a Poesia: livre, liberta, sábia e plena de esperanças nos vindouros caminhos, agora" sem lágrimas"...talvez...
    Uma receita, um preceito, uma teoria de como fazer "metamorfose" de lágrimas. Gostei de ler!
    Um abraço enorme!
    Dora

    ResponderExcluir
  3. Passando por aqui pra deixar um largo sorriso e um beijo bem grandão pra ti viu!

    ResponderExcluir
  4. Elcio, esse poema chegou pra mim num momento bem difícil da minha vida, queria te pedir permissão de publicar ele nos comentários assim como faço com a Renata, mas colocando teu Blog, página tudo que tu tem direito, se tu não quiser tudo bem, mas eu amei o poema é triste e me sinto no meio dessa tristeza enfim não vou comentar muito se não acabo chorando.


    Abraços


    Da amiga

    Luciana

    ResponderExcluir
  5. Como vc consegue fazer com que a tristeza fique tão bonita e as lágrimas tão doces???
    Lindo!!!
    Beijos
    Andei sumida, mas to voltando!!!

    ResponderExcluir
  6. Sabe Poeta...eu encontrei a tristeza.
    Ela me fez chorar...
    É um desses momentos em que precisamos ir ao chão, para levantar com mais força e encarar a vida!

    Mas como na vida tudo passa... essa fase ruim também irá passar...e novos dias e sorrisos vão surgir...

    Gostei muito do que li aqui!

    Beijo com o meu carinho

    ResponderExcluir
  7. Lindo Élcio!
    Acho que é exactamente este o poder das palavras.Quando os sentimentos são intensos e os passamos para o papel, parece que nos libertamos, sentimos mais leves..eu sinto isso quando escrevo.
    Beijinhos e bom fim de semana, amigo.

    ResponderExcluir
  8. Vim desejar um bom dia depois do domingo, um maravilhoso dia antes da terça. Grávido de bons fluídos.

    felicidades!

    ResponderExcluir

Semeando