domingo, 24 de maio de 2009

Percepção





Percepção

Percebo com a isenção dos que nada mais esperam
E pelo muito que sei, quase tudo pondero e compreendo
Tal qual a criança descalça e com fome
Que não guarda ressentimento e nem rancor
É que no cansaço da eterna viagem
Descobri que nunca me souberam
Pois quando fui água, não me beberam
Já quando fui terra, plantaram
Porém, pouco colheram
Hoje me encontro poema
Mas nem assim, eles me lêem
No entanto, há de se ter uma razão
É que talvez eu não me tenha dado a leitura
Sendo assim, também não me soube
Saber dos que não me souberam...ou não...ou sim...ou não...


Pataquerapiu!!! Vai entender...rsrsrs...



15 comentários:

  1. É difícil, muito difícil. Nem sempre conseguimos ler, compreender, apreender os bons...poemas.

    E quase sempre não estamos tão isentos nas percepções, e transformamos o que vemos, ouvimos, lemos.

    um abração, neste domingo.

    ResponderExcluir
  2. Bom dia Élcio...

    Minha resposta é sim,tenho percepção para entender...será que é a certa??(carinha de cabeça pensante aqui)rs

    Lindo seu Poema...ultimamente seus escritos são aqueles que temos que ler pausadamente pra deixar-se entender..., o sentido, a emoção...é, pq ler apenas é simples, mas fazer-se entender....ah!isso são para poucos...to sendo muito complexa??rs

    Entre estes poucos, posso dizer pra ti que colhi aqui grandes sentimentose muita sensibilidade, e vc mesmo sabe, tomei-os alguns pra mim....

    Bom, é isso, parando pq aqui pq toda vez que comento algo no seu blog é como estivesse escrevendo um outro Post...rs

    Bjo! ótima semana...;)

    ResponderExcluir
  3. Olá Poeta!

    Impossível não emocionar ao ler o seu poema...forte e tão intenso!
    Conseguiste em palavras expressar o que estou sentindo lá no mais íntimo do meu coração.

    É até difícil conter a emoção!

    Mas creio que haverá um tempo para que possam nos ouvir...olhar... ler... aceitar... amar!

    Desejo um belo domingo para você e todos os seus familiares...

    Beijo com meu carinho e admiração!

    ResponderExcluir
  4. Àqueles que não te souberam perdem-se por não saber que sábio é aquele que qdo ler sente o que está escrito por a sapiência se encontrar no autor do escrito. Por isso amigo eu te sei sábio. Te ler é saber ir ao encontro do verdadeiro significado da palavra. Aplausos. Abçs.

    ResponderExcluir
  5. Élcio eu fico observando alguns dos teus movimentos poéticos bem como alguns dos teus comentários em blogs que em comum visitamos e, me impressiona o quanto sabes de ti e daquilo que é dito.

    Alguém que assim escreve, sabe muito do coração humano.

    É disto que sempre escreves.
    Fico pensando em um conto teu.

    Muito bom isto.Muito bom, mesmo. Porque tu te sabes, me sabes e sabes mais e muito sobre o homem.

    carinho,

    Mai

    ResponderExcluir
  6. O sentimento de orfandade de um poema, pura ilusão, porque as mãos que o ditaram, colheu todas as palavras, bebeu da sual alma e altruísticamente o entregou... e o poema soube voar!

    Gosto sempre...tens uma maneira de escrever tão poeticamente intensa que me leva ao fundo do "eu"!
    E as fotos complementam esse prazer!

    Beijos

    ResponderExcluir
  7. Olá meu amigopoeta.
    Suas palavras nos levam ao fundo da alma.
    Sabes transformar o que lemos e temos em belos poemas.
    Beijinhos doces, e uma semana abençoada para tí.
    Fique na paz.

    ResponderExcluir
  8. Muito real! É muito especial! Não é apenas um sonho é o cotidiano e só as pessoas especiais como você é que lêem. Abraço amigo

    ResponderExcluir
  9. As pessoas mais felizes
    não têm as melhores coisas.
    Elas sabem fazer o melhor
    das oportunidades que aparecem
    em seus caminhos.

    Boa semana
    um beijo

    ResponderExcluir
  10. Élcio,
    Ainda bem que podemos tentar mudar nossos caminhos e traçar um novo rumo nas nossas vidas... Complicado é quando corremos em círculos feito cão perseguindo a cauda...rsrs
    Instigante, a profundidade de tuas palavras. Elas se revelam um precioso exercício de reflexão acerca das singularidades do ser humano.

    Boa semana... já, agora e sempre!

    Felicidades para você também ( só não sei qual foi o dia, mas mesmo assim, em tempo, parabéns!)

    ResponderExcluir
  11. Olá,
    vim retribuir sua simpática visita e adorei seu blog, rs...
    Me tornei sua seguidora, estarei sempre por aqui,
    beijos e linda semaninha

    ResponderExcluir
  12. Não é exclusividade sua essa percepção... rs
    Boa semana, moço.
    Beijinho.

    ResponderExcluir
  13. Não sabem ler os teus poemas ou não te sabem "ler" a ti meu querido amigo?
    Sinto isso tantas vezes...
    Um beijo enorme, Élcio

    ResponderExcluir

Semeando