sexta-feira, 12 de junho de 2009

Ontem encontrei com o amor

Feliz Dia dos Namorados para todo mundo...a agonia das provas e trabalhos termina semana que vem e aí coloco os coments em dia...
Um abraço na alma...bom fim de semana para todos e uma semana ainda melhor do que a que passou...Valeu galeraaaaaaaaaa...

Dedico este poema a um casal de idosos que moram na cidade onde trabalho...
Se eu os conheço?
De vez em quando eles me vêem, me visitam, me dão trombadas no coração e na alma, mas não me sabem...rsrs





Ontem encontrei com o amor


É verdade, ontem dei de cara com o amor
Engraçado que quase trombei com ele
E nem assim ele olhou para mim
Continuou andando e sorrindo de mãos dadas
Como se o mundo não existisse
E nada em sua volta mais importasse
Assim, como se não houvesse mais amanhã
Fiquei tão curioso que fui andando atrás dele
Para poder reparar em cada um de seus movimentos
Pois ele balançava as mãos, brincava de dar beijos
Longos, estalados, precisos e imprecisos, além disso...
Abraços...calmos, calientes e enternecidos com uma leveza incomum
Que inocentemente o fazia enrubescer de paixão
E era nesse instante que ele olhava para dentro de si mesmo
Como se em sua alma existisse um outro, como se fosse dois em um
Não sei explicar muito bem isso
Só sei que ele era assim, olho no olho
Alma com alma, pele com pele
Tudo muito calmo, porém, tudo muito explícito e intenso
E em plena luz do dia, que até o Sol se pôs a espiar
Pois era um não sei tão assim naturalmente
Que exalava um perfume com essências de ternura
Que espalhava com doçura uma candura sem medidas
Tanto que até sobrou um pouquinho para mim
Por isso resolvi olhar mais de perto
E reparei que seus olhos sorriam
E que neste sorriso morava um brilho infinito
Foi quando não resisti e perguntei quantos anos ele tinha
Ele sabiamente respondeu
Não tenho idade, nem hora e nem dia
Portanto...nunca envelheço...
Apenas amo...

21 comentários:

  1. Que graça de poema. Lindo mesmo.
    Obrigada pelos parabéns e pelo carinho. Mais uma prova de que merece o selo... rs.
    Outro abraço na alma pra vc e boas provas!

    ResponderExcluir
  2. Uma vez eu te disse que se inteiros não éramos, poderíamos ser íntegros, lembro-me bem porque depois voltamos a falar sobre a questão das incompletudes... Mas para mim existe uma instância que parece permitir a inteireza é quando se realiza algo com profundidade, intensidade - como gostas de dizer, com a ALMA...
    Nesta direção és inteiro em tudo que fazes, isto fica bem demarcado esta é a diferença entre o que escreves, a forma como te dedicas ao teu curso, o modo como comentas cada texto nos blogs que visitas.
    Assim suponho seja teu modo de sentir o amor e amar...

    E o amor também é sempiterno, polaridade oposta ao ódio, não tem começo ou fim... Mas OS AMORES, estes talvez possam ou ao menos eu penso, vão extinguindo sua chama e é tãobom podermos ler um amor assim como este em teu texto, sabe?
    Parece que torna possível - AO AMOR - AMORES ETERNOS...

    Percebe que eu procuro fazer uma distinção entre O AMOR e os amores, não?
    É bem assim que sinto e neste teu poema percebi O AMOR vivido entre os amores dos 'amantes' e assim, levantando a possibilidade de que, para alguns, ele é - eterno...
    duradouro na exata duração que uma vida tiver.

    porque és inteiro em tudo que fazes, sentimos a tua falta.
    Porque és inteiro em tudo o que fazes, terás êxito nas provas.
    Porque és inteiro em tudoo que fazes, és tão querido e imprescindível nesse mundo sem fronteiras...
    Beijos, 'amigo verseiro'.
    Mai

    ResponderExcluir
  3. Que delícia de poema!!

    Linda escolha!!

    Bjs de luz

    ResponderExcluir
  4. Tudo muito calmo, porém, tudo muito explícito e intenso... Especial demais, muito! É como vinho maduro. Poeta é assim mesmo enxerga a poesia na poesia. Abraço amigo.

    PS: Hei, cadê o palhaço?! Já sei depois das provas. Boas provas!

    ResponderExcluir
  5. Que lindo, o Amor é assim, sem medida...da calmaria a intensidade.Sem noção do tempo..
    E está presente nos melhores momentos de nossas vidas...e o mais fascinante, é que existem várias formas de Amar...

    Lindo Élcio...obrigada!
    Desejo boas provas pra ti, sei como é esta correria toda, sinto falta do tempo que estava assim, maluca!rs

    Bjo pra ti boa provas e um ótimo final de semana...;)

    ResponderExcluir
  6. ...Elcio meu lindo,
    você tão sensível
    e romantico neste post,
    e eu é claro memocionei,
    e então,

    hoje vou de romantismo
    poético...rss

    ...hoje é o dia dos namorados,
    dos enroscados, dos enrolados,
    dos ficantes e tudo mais
    que envolva romance,
    envolva amor...
    amor esta energia vital
    que nos faz levantar cedinho,
    olhar no espelho com cara de
    bobos, achar o caminhão do gás
    e sua musiquinha uma sinfonia,
    pegar fila no trânsito como se
    estivesse numa procissão
    do santo preferido,
    sorrir para o cobrador de
    impostos, usar um sapato
    apertado, tomar um café
    frio, rsss
    como se tudo isso fosse
    a maravilha do mundo...
    então,
    movidos a este singular
    sentimento, segue
    a humanidade entre encontros
    e desencontros, mas nunca
    perdendo a esperança de
    se encontrar na aterna
    busca do Amor.

    Feliz dia dos namorados!!

    ResponderExcluir
  7. Lindo poema!
    Há tempos não vinha por aqui!
    Saudades!
    Beijos Tempestuosos!

    ResponderExcluir
  8. Élcio, li de manhã no trabalho, deixei para reler depois com calma.

    Só sei diante da beleza do que você escreveu me faltam palavras, e que você fica desculpado de todas as suas ausências.

    Eu li saboreando e sentindo cada passo desse amor lindo.

    abraços com carinho e que seu final de semana seja excelente.

    ResponderExcluir
  9. Namorados, ficantes, noivos, amantes, casados, casos sérios ou não.... a todos um eterno amor 'enquanto dure'...
    Beijos

    ResponderExcluir
  10. Olá Elcio,

    Lindo poema e obrigado pelo momento.

    Abraço aqui de Portugal

    ResponderExcluir
  11. Amigos são poemas…
    Os verdadeiros amigos são a poesia da vida.
    Eles enchem nossos dias de cores, rimas e risos,
    nos seguram a mão quando caminhar parece difícil.
    Mostram que mesmo em dias nublados o sol está no mesmo lugar,
    e nos ensinam que a chuva pode ser uma canção de ninar
    nas noites solitárias e vazias.

    Um abraço em mais este final de semana, que tudo lhe
    Seja bom...

    ResponderExcluir
  12. Perfeito, Elcio. De todos os seus poemas, sempre tiro uma lição. E me dei conta de que "estou olhando o amor bem de perto" porque a pressa, a vida e muitas outras coisas, nos fazem olhar em outra direção.

    Bjos.

    ResponderExcluir
  13. Quem não quer um amor assim... lindo, eterno e gostoso!

    Abraço

    ResponderExcluir
  14. Élcio!

    Obrigada pelas saudações para o Dia dos Namorados. Sempre me lembro de uma canção de Vinícius nesta época: Você quer ser minha namorada... Que linda namorada você poderia ser...!

    Que belo encontro com o amor nesta poesia, Élcio. Amor eterno: Não tenho idade, nem hora e nem dia.
    Portanto nunca envelheço. Parabéns por versos tão lindos.!

    Beijo

    ResponderExcluir
  15. Olá, querido!
    Estou de volta, graças a Deus!
    Estava com muita saudade disso tudo... É bom escrever aqui novamente também!
    Quanta perfeição em suas palavras, Élcio! Belo poema!
    Faço-te um convite para participar de uma Blogagem Coletiva que estou elaborando sobre o Dia da Música, que é dia 21 de junho... Espero que aceite meu convite!
    Grande beijo e um excelente domingo pra você!

    ResponderExcluir
  16. Elcio,
    atrasada para o dia dos namorados,
    teu poema lindo e o amor é assim mesmo não tem hora, nem dia marcado e nunca envelhece. Que ele esteja sempre vibrando dentro do teu coração.
    adorei a postagem do Kleiton e Kledir aqui da minha terrinha.
    Beijos no coração.
    Cleo

    ResponderExcluir
  17. Boa Noite!
    Adorei ver que você confirmou presença na Blogagem Coletiva - Minha Música, Meu Momento! Fico honradíssima em tê-lo parceiro no dia 21 e já estou ansiosa em ler a sua história, em ver sua postagem. Vai ser fantástico ler as experiências de vários amigos blogueiros sobre o tema proposto postadas em seus respectivos blogs no dia 21!
    Só não esqueça de anunciar sua participação na Blogagem colando o selo na sidebar do seu blog...
    Dia 21, estaremos em festa!
    Grande beijo!

    Orgulho de Ser

    ResponderExcluir
  18. Élcio! sei da tua correria meu amigo, mas coloquei vc em uma fria...rsss...digamos, em um desafio que aceitei e tive que indicar algumas pessoas e vc está entre eles...:)
    Mas fique à vontade em aceitar ou não ok?

    Está td explicadinho no meu blog...;)

    Bjo!

    ResponderExcluir
  19. Bom dia!...obrigada pelas tuas palavras....sobre as imagens pode usar sim, qtos palhaços quiser, rss....pode ficar tranquilo!....use as que precisar!:)

    bjo pra ti

    ResponderExcluir
  20. Lindo e realmente tem tudo a ver com meu texto, inclusive as imagens! \o/

    Adorei!

    Beijos

    ResponderExcluir

Semeando