quarta-feira, 22 de julho de 2009

COISA DE PELE



Olá pessoal, esta como é toda cheia de rimas, mereceu uma melodia...
Um abraço na alma...


COISA DE PELE


PELE QUE CEDE

QUE PEDE E NÃO MEDE

QUE BUSCA E REPELE

A VONTADE QUE ADERE


PELE QUE NUA

TÃO MINHA E TÃO SUA

QUE ATACA E RECUA

QUE ARDE E JEJUA


PELE QUE SENTE

A FOME DA GENTE

DESEJO NÃO MENTE

QUERER SER ARDENTE


PELE QUE ACEITA

QUE CERCA E ESPREITA

CONTORCE E SE DEITA

SE COBRE E DELEITA


PELE É FORNALHA

ESQUENTA E SE IGUALA

O TESÃO SE ESPALHA

NA ALMA A NAVALHA

32 comentários:

  1. Elcio

    Os amigos quando são de verdade duram a vida toda.
    Pelo amigo devemos ir até ao fim do mundo
    obrigada pela presença...no meu canto

    AMIZADE

    A amizade é uma coisa
    Que chega e muitas vezes vai...

    É difícil ficar...é dificil estar
    Mas...olhamos e sabemos...

    Sabemos que o amigo
    És mesmo tu...

    Que esperas por mim
    E me levas contigo...

    Não me deixas chorar
    Pois choras por mim...

    Estás sempre alerta
    A qualquer hora me acodes...

    E em todo o momento
    Mesmo que não estejas...

    Eu sei que estás...


    Lili Laranjo

    ResponderExcluir
  2. "Cada novo amigo que ganhamos no decorrer da vida aperfeiçoa-nos e enriquece-nos, não tanto pelo que nos dá, mas pelo que nos revela de nós mesmos."(Unamuno)

    Antes de mais nada obrigada por tuas palavras no Dia do Amigo, elas são recíprocas à ti, não respondi antes pq estava derrubada por uma gripe que mal me deixava abrir os olhos...rs fiquei de molho.

    Sobre o Poema de hoje, lindo! como tudo que escreve, na sabedoria das palavras é isso no que se transforma, em um lindo e encantador poema em rimas...

    Sobre Arnaldo...rs...eu gosto...rs...lógico que não são todas as músicas, mas você já leu algumas letras e pormas dele? tem alguns lindos, como diz um amigo meu, nem parece que foi ele quem escreveu...nas vãs loucuras, sempre sai algo inovador...sobre J.G...nem temos muito o que falar né? a docilidade que ele tem em seus poemas é tão explícita que alguns quando lê-mos é pura emoção, de tão tocantes...

    Muitos dos teus são assim tbm...:)

    Obrigada viu!
    Pelo carinho e pela amizade ...

    Bjo!

    ResponderExcluir
  3. Ahh sobre a Bromélia...respondi pra ti lá no meu blog mesmo, no comments...rsrs bjo!

    ResponderExcluir
  4. Quando existe amor, quando existe química...as sensações de pele com pele são quase indescritiveis.
    Adorei o teu poema.Beijinhos Élcio.

    ResponderExcluir
  5. "Desejo não mente". Realmente não mente, podemos disfarçar, dissimular...mas sentiremos ele presente.

    Gostaria de ouvir a melodia.

    Um poema sensual, mas muito elegante.

    beijo

    ResponderExcluir
  6. Querido amigo,Elcio ... és surpreendente!!! Sua poesia vai do singular ao plural,rss.Por enquanto só deixar estas palavras,mas continuo lendo, relendo e me apaixonando. Bjs!
    Nelminha

    ResponderExcluir
  7. Lindo poema Elcio!
    Se a gente coloca a imaginação pra funcionar não consegue nem terminar de fazer a postagem de hoje.
    Bjs.

    ResponderExcluir
  8. Oh, Fantástico Poeta Amigo:
    Mais um belo e admirável momento de poesia. As personagens dos nossos sonho vivem nele com força e convicção.
    O Amor. Perfeito. Sensível. Repleto de significação entre homens e mulheres. Seguem o ciclo normal das suas vidas. Daí a sua significação sublime e extraordinária.
    VOCÊ é mágico como concebe o seu sentir.
    Adorei.
    Bem-Haja pela sua amizade que não esqueço, nem poderia.
    Excelente!

    Abraço aqui do norte de Portugal e maravilhado pelo seu poema divinal e brilhante...

    pena

    É genial e talentoso, já lho disse e repito.
    Celestial, Amigo Poeta Enorme!

    ResponderExcluir
  9. lores no jardim.
    Uma abelha pousa aqui
    e depois se vai
    pousar no teu jardim
    Boas energias
    bjs
    Mari

    ResponderExcluir
  10. Suaves rimas em "éle", lindas, rítmicas, leves.
    Devem ter dado motivo a uma melodiosa e bela canção.

    Abraçamigo e fraterno.

    ResponderExcluir
  11. Olá Poeta...

    Nossa... se como poesia já é lindo imagino em canção!

    Essa coisa de pele de quimica é realmente algo mágico!
    Esse seu lado poetico sensual é incrível...explore-o mais vezes.

    Quanto a CBJE... sempre tive vontade de enviar algo, mas acabava me sentindo um tanto bloqueada... num belo dia resolvi soltar as amarras e me inscrevi e para a minha surpresa... lá estava Eu entre os selecionados... Meu coração ficou aos pulos, a emoção correu em todas as veias...rsrrs
    Quanto a um livro... no futuro quem sabe!Faz parte dos meus sonhos!!!

    Tenha um dia maravilhoso e repleto de dádivas!

    Um abraço carinhoso

    ResponderExcluir
  12. Ai meu Deus...vim fazer uma correção....rsrsrsrs
    menino! você estava falando Arnaldo Jabor....e eu respondi acima sobre Arnaldo Antunes, pq havia colocado 2 videos musicais dele...Aí confundi tudo!

    Sem contar no Pormas aí...rss se descobrir o que é me avise please.

    Vou colocar culpa na gripe, fica melhor a emenda do que o soneto...rsrs(frase de vó)

    Mas vc entendeu né?é que hoje quando li novamente o que te respondi percebi ali o erro...embora os nomes são os mesmos, o sobrenome diz a diferença...rsrs

    Sorry!
    Bjo

    ResponderExcluir
  13. Obrigada Amigo!
    A mensagem do dia dos amigos foi belíssima!

    Que a sua emoção aqui, ali e acolá floresça sempre...encantando a todos!

    ResponderExcluir
  14. Élcio!

    Lindo simplemente. Adorei as rimas, o ritmo e a poesia do texto. É só ler algumas vezes e já sabemos de cor. Imagino a canção que ficou!

    Ah, poeta!
    Que bom vir aqui...
    Abraço

    ResponderExcluir
  15. Me fez lembrar das aulas de Literatura e de Análise do Poema na faculdade. Aulas que eu amava.
    Lindo poema, Elcio.
    Parabéns!

    Beijinho!

    ResponderExcluir
  16. Poema que a pele soprou
    Poema delícia
    Poema que me encantou
    Poema carícia...!

    Lindo, melodioso, terno, ardente...GOSTEI!

    Beijo

    ResponderExcluir
  17. Elcio. Acho difícil rimar...Ainda mais deixando o ritmo guiar e a sensibilidade "narrar".
    Gostei! Poeta é assim. Sabe se dizer, dentro de qualquer "forma".
    Abraço apertado!
    Dora

    ResponderExcluir
  18. Muito bom. Com ou sem rimas... adorei "na alma navalha".

    ResponderExcluir
  19. Eita! Coisa boa éo calor que vem e o suorque escorre...
    Poemas de amor, de corpos que amam...
    Corpos e ritos poéticos, no ir e vir dos amores, dos amadores, dos amantes...
    Gostei muito e, não gosto de rimas mas as tuas são as melhores, sabes?

    ResponderExcluir
  20. Um contato fala mais do que mil palavras.....

    abraçao

    ResponderExcluir
  21. Li teu comentário na Let e para mim que me delicio com teu bom humor, juro, é difícil imaginar que não estejas bem e que as palavras te fujam...
    De qualquer modo, Élcio, lembrei de memórias da Pele do João Bosco e há uma parte dessa memória que ajuda a resgatar melhores momentos em tudo...

    Evoca, amigo e solta o verbo em qualquer tempo para qualquer sujeito...

    Abraçamigo,

    Mai

    ResponderExcluir
  22. Elcio,

    Como domina as palavras...

    Que lindo.

    Vou cantar seu poema...
    Vou contar seu poema...

    Beijo carinhoso,

    Solange

    http://eucaliptosnajanela.blogspot.com

    ResponderExcluir
  23. Como diz o teu poema
    "coisas de pele"
    São toques, sentidos,
    despidos de pudor
    beijos

    ResponderExcluir
  24. Rima?! Rimou... Muito bonito! É difícil fazer! É...Coisa de pele mesmo, ou é ou não dá. Abraço amigo

    ResponderExcluir
  25. Coisa de pele que só poderia ser sentida escrita por quem na própria pele tem a história de como fazer um belo poema. O li musicalmente e o adorei. Abçs Amigo Élcio.

    ResponderExcluir
  26. Oi, Elcio!

    Ah, poesia perfeita, cheia de inspiração e rimas, muitas rimas...

    Beijos mil!!!

    ResponderExcluir
  27. Adorei o pema, tá valendo muito a pena ir a espaços que antes eu não conhecia. Você tem razão, merece melodia mesmo.

    Ops, deixa eu me apresentar... Sou blogueira também e há menos de 1 semana, voltei pro mundo dos blogs, então tô conhecendo novos espaços, blogueiros diferentes, mesmo porque os que blogavam antes, não encontrei mais. E, sempre é bom conhecer lugares e pessoas novas.
    Abraços, bom restante de domingo.

    ResponderExcluir
  28. Olá Elcio!

    Encontrei o seu blog por acaso, navegando por esse mar e ancorei por aqui, por um bom tempo!

    Adorei o seu poetar! Sua árvore de versos dão frutos deliciosos! Parabéns!

    Voltarei mais vezes, com certeza!

    Grande abraço,
    Patrícia Lara.

    ResponderExcluir
  29. Um poema que me faz sonhar mais ainda... se é que isto é possível! rsrs

    Beijão pra você!

    ResponderExcluir
  30. "Pele é fornalha..."

    E quando atiçamos o fogo, incendeia...rs

    Élcio, querido... Que poema caliente...rs

    Pele... toque.... sensações que realmente valem a pena...

    ResponderExcluir

Semeando