sexta-feira, 10 de julho de 2009

Eu, barco



Fala galera, este poema está no livro, e é mais um "Eu alguma coisa" que eu ainda não havia postado por aqui, acho que ainda faltam dois.
Um ótimo final de semana para todo mundo, um abraço na alma...


EU, BARCO


EU QUERIA SER UM BARCO

PARA PERCORRER TODO O SEU AZUL

FEITO DE BRUMAS E MISTÉRIOS

E ASSIM ENTÃO TE NAVEGAR

E SENTIR EM MEU ROSTO O TEU ROSTO

E A TUA ALMA EM MINHA ALMA

PARA ENTÃO DESBRAVAR TEUS LITORAIS

E ANCORAR EM TUAS PRAIAS

ASSIM COMO AS ONDAS QUE INVADEM AS AREIAS

E DEPOIS SE RECOLHEM, LEVANDO COM FORÇA

OS GRÃOS DA SUA INTIMIDADE

28 comentários:

  1. Oh, Admirável Amigo:
    Um poema de si, homem, que eu, homem, entendo tão bem.
    Uma suavidade enorme nas ondas que percorrem o seu "sentir" pessoal e humano valiosos. De ouro puro versejado.
    Creia que o que diz será recordado pela beleza das palavras com que se dirige às ninfas num cristalino mar de todos. Recordações nos "grãos da sua intimidade"profundos e imensos.
    Aqui tudo é perfeito.
    De um genial poetar fabuloso.
    Aqui respira-se harmonia, pureza e sensatez em versos de encanto e maravilha.
    Parabéns sinceros.
    Um Bem-Haja do tamanho do mundo.
    Pode ficar feliz porque todas elas o ouvirão com deleite e bem-estar neste versejar direccionado para o existir na plenitude, na magia feita de versos, na sensação de um sossego deslumbrante de afecto e maravilha que elas escutarão doce e atentamente.

    Abraço amigo, genial Poeta gigante.
    Com admiração e pasmo pelo "tanto" escrito aqui e lá com simpatia.
    Cordialmente...

    pena

    Bem-Haja, pela visita e pela amizade inabalável.
    Perfeito.
    OBRIGADO, fantástico Amigo Gigante.

    ResponderExcluir
  2. Nossa... que bonito o Poema!
    Ler ...reler... e deixar ser guiada pelas águas em que o barco desliza...
    Gostei muito!!!

    Obrigada pela dica do Site do seu Professor!

    Agradeço também a forma de interação no comentário deixado no blog.

    Feliz seja o seu FDS!
    Aproveite bastante!

    Um abraço carinhoso

    ResponderExcluir
  3. Muito bonito o poema, muito bonito a forma de transmitir um querer, demosntrar um desejo...do corpo, a alma, a intimidade...com beleza, força e intensidade.

    Muito bonito.


    abraços e ótimo final de semana.

    ResponderExcluir
  4. Muito belo! Eu não me relaciono muito com poemas de mar e barcos pq moro em Minas e nunca vi o mar, mas ainda aprecio aqueles que surgem da apreciação da beleza do azul infinito.

    Beijo carinhoso!

    ResponderExcluir
  5. Lindíssimo o teu poema!! Adorei. Beijos e bom fim de semana, também para ti.

    ResponderExcluir
  6. Seus Eus são abundantes, inebriantes. E, Eu, barco se conjuga como parte e todo dos seus outros Eus que conheço.
    Sempre bom te ler.
    Um abraço

    ResponderExcluir
  7. Lindo poema.
    Consegui até ouvir o barulho das ondas [ou seria do seu sentimento]?
    Lindo mesmo. Parabéns!
    Bom fim de semana pra vc tbém.
    Beijinho.

    ResponderExcluir
  8. Meu amigo beleza de poema as mulheres vão adorar. Abraço

    ResponderExcluir
  9. Lindo barco, lindo poema...
    ótimo final de semana
    abraço

    ResponderExcluir
  10. Élcio,

    No embalo do barco, suas palavras invadem o mar da sensibilidade. Lindo de ler e admirar...

    Obrigada pela indicação do site do prof. Ricardo. Li alguns textos dele e já posso adiantar que é muito bom.

    Quanto aos seus comentários, agradeço pela simpatia e generosidade de suas palavras. Valeu!

    Grande abraço e bom final de semana!

    ResponderExcluir
  11. Élcio!

    O barco que gostaria de descobrir... Que gostaria de navegar em território sonhado, "para então desbravar teus litorais e ancorar em tuas praias." Lindo!

    Poeta amigo.
    Adoro teus poemas.

    Beijo

    ResponderExcluir
  12. Olá querido!
    Que prazer receber a sua visita e comentários tão carinhosos e mais ainda ter vc me acompanhando por ai.
    Seu blog é ótimo e os textos excelentes. Vou estar sempre aqui agora e vc lá em casa na lista dos meus blogs favoritos.
    Assim que o outro blog estiver pronto é só me avisar que vou lá conhecer.
    Bjs.

    ResponderExcluir
  13. E continuo a admirar-te porque podemos ser todas as coisas na importância de sermos inteiros, íntegros e ah! Amigo, isto és abundantemente.

    Belo texto e, queria um passeio de barco, (risos muitos)

    Tem um texto novo, ouve a melodia, lembrei de ti.

    ResponderExcluir
  14. Querido Élcio seus poemas são causadores de aplausos. Como é deliciosos se perder nos seus versos sendo barco. Abçs.

    ResponderExcluir
  15. Elcio,

    Que lindo... o mar nos faz sentir algo íntimo, algo térmico... e você traduziu com maestria essa maravilha !!!

    Beijo grande,

    Solange

    http://eucaliptosnajanela.blogspot.com

    ResponderExcluir
  16. um bom DOMINGO...


    OLHAR

    Um olhar,uma ternura...
    Um olhar, um carinho...
    Um olhar ,com muita força...
    Um olhar ,que vai olhando!...
    e vai sentindo... O AMOR...


    lili laranjo

    ResponderExcluir
  17. Uia, que lindo poema!!!
    E olha que é só o primeiro que li =)

    Que bom que você comentou lá na minha caixinha e deixou o link, só assim pude conhecer esse blog tão rico!!!

    Muito obrigada por suas palavras, seja sempre bem-vindo, ok?

    De minha parte, já estou levando teu link pra não esquecer de voltar, adorei!

    Beijão, bom final de noite e um ótimo domingo pra você!

    ResponderExcluir
  18. Imagino este mar com este teu barco a navegá-lo, tudo de bom.
    Elcio, que o teu domingo seja pleno e você, barco, navegue em águas de puro amor.
    Beijos na alma prá você também.
    Cleo

    ResponderExcluir
  19. Olá, querido!
    Sim, eu também escrevo pros meus animais. São meus... e são parte da minha família, queridos por todos.
    Também tive que me separar de uma cachorra que estimava muito. Era linda, preta... labrador. Ganhei de uma aluna. Mas com 1 ano ela começou a brigar com os outros e eu não pude deixá-la. Dei a uma amiga da minha mãe, q mora no sítio. Hoje ela está muito bem também. E também perdi o Tuxo... q nos deixou em 2006, já com 19 anos. Sofri muito.
    Li o seu post... me fez chorar. Lei de Murphy era mesmo linda.
    Adoro animais... aff... me apego tanto a eles. Jared mesmo, meu gato, dorme comigo.
    Bem, sei que o tempo aprendo a conviver com a falta do Pipe.
    Obrigada pelas palavras carinhosas. Me fizeram bem.
    Um grande beijo!

    ResponderExcluir
  20. Aaaaahh! Tem novidade lá no blog. Fiz um só pra livros. Passe lá pra dar uma olhada! :)

    ResponderExcluir
  21. Que lindo poema querido amigo!
    Tens uma forma tão especial e encantadora de falar do desejo, do amor...
    Um beijo carinhoso.

    ResponderExcluir
  22. Quanta sutiliza ao lado de tanta evasão, sentimentos que nos invadem e entorpecem pelas palavras, por palavras, em poemas...

    Um beijo.

    ResponderExcluir
  23. oi amigo verseiro ,vim lhe ensinar ,vai no meu blog la abaixo dos quadradinhos e linka na palavra LinkWithin,esta na cor cinza bem clarinho
    assim que abrir a janela coloque o seu e-mail e link do seu blog e na plataforma escolha a opção blogger e marque o quadradinho pois seu blog é de fundo escuro,clik em get widget,clik em install widiget,selecione o nome do seu blog e clik em adicionar,depois clik salvar assim que aparecer o layout,tenta ok bjos adoro vc demais amigo!

    ResponderExcluir
  24. Olá Elcio,

    Estou de volta depois de uma longa “ausência”!

    Que bom regressar e ver este teu cantinho com uma nova imagem – tão acolhedora – e, claro, deliciar-me com a tua poesia. Adorei!

    Um beijo cheio de amizade,
    Carla

    ResponderExcluir
  25. Um beijo imenso pra você!!!
    Te adoro e adoro os seus poemas meu querido.
    Um excelente dia pra você!

    ResponderExcluir
  26. Élcio... Voce barco... quem seria o mar?...rs

    Que gostoso navegar esse...

    Que imagem esse poema remete... O barca está para a água, assim como a agua está para o barco... se completam...


    Bom sentir essa sensação gostasa de imaginar algo assim tão lindo!


    Uma semana linda para voce!


    Beijos e carinhos!

    ResponderExcluir
  27. Nos mares do amor a ânsia de ondas a lamberem praias inteiras.
    Cadinho RoCo

    ResponderExcluir

Semeando