sábado, 12 de setembro de 2009

EU, FOLHA


Olá pessoal, meio sem tempo para escrever, portanto, estou postando um dos primeiros poemas que coloquei aqui.
Um ótimo fim de semana para todo mundo...um carinho, um abraço e um queijo...na alma é claro...valeuuu...obrigado pelas palavras sempre de carinho e incentivo...bjo no coração de todo mundo.




EU, FOLHA


AS VEZES QUERO SER FOLHA

PRA SER LEVADO PELO VENTO

SEM DESTINO, COLHENDO PAISAGENS

NUM BALANÇO SUAVE E SERENO

ATÉ POUSAR NUM RIO

E SEGUIR SEM PRESSA

AO ENCONTRO DO MAR

37 comentários:

  1. Olá Elcio
    Tempo é assim mesmo, toma conta de nós e comanda um pouco a nossa vida, mas também nos dá oportunidades como esta de voltar atrás e rever o que já foi feito. Desejar ser folha... lindo.
    Abraço de Portugal e bom fim de semana para ti.

    ResponderExcluir
  2. Uma folha levada pelo vento, às vezes precisamos de nos deixar embalar...
    Bom fim de semana
    Bjinhos

    ResponderExcluir
  3. Que lindo...
    Folhas,vento...
    E vá com calma aí na sua administração de seu tempo...
    beijos com amor em seu coração!
    Lindo final de semana!
    Biazinha

    ResponderExcluir
  4. Oi Elcio as vezes me sinto bem assim como as folhas, bela postagem.
    Bjs

    ResponderExcluir
  5. ELCIO

    o relógio é assim mesmo..consegue ser um fiel companheiro nas horas de insónia..


    ara ti um beijinho grande

    ResponderExcluir
  6. Oi Elcio,
    lembro-me desse poema, quando vc o publicou. Engraçado que lendo-o, de novo, fico pensando nessa leveza que bem poderia ser a vida. Uma folha, voando, levada ao encontro do belo. Na poesia, a gente pode. Que bom!
    Um abraço

    ResponderExcluir
  7. Querido, pode ficar tranquilo que manterei todos informados sobre o blog novo... espero contar com vc lá também heim!!!!
    Estarei torcendo para que você consiga se organizar e tirar um tempinho para que o seu possa sair em breve !!!Enquanto isso continuarei me encantanto por aqui mesmo!!!
    Desejo a você um ótimo fim de semana!!!!
    Beijos

    ResponderExcluir
  8. Vc é, não pq a poesia o permite, mas sim pq vc dá de si para que a tua poesia seja folha, água, terra...Abçs.

    ResponderExcluir
  9. O desejo de liberdade cria imagens tão bonitas, não?

    Um abraço.

    ResponderExcluir
  10. É um belo poema, um ótimo domingo para ti também.
    abraço

    ResponderExcluir
  11. Uma folha... gostoso esse desejo... apenas o vento como senhor do seu destino... ou a agua, te levando ao encontro do mar...

    Querido, ainda não me escreví... Tive uma semana agitadíssima...

    Mas prometo, a voce, meu grande incentivador, que vou olhar com carinho essa inscrição...


    Beijos!


    PS: Semana que vem, começo minha Pós... Também estarei as voltas com o tempo...rsrsrs

    ResponderExcluir
  12. Que lindo, Élcio!

    Sinto-me um pouco folha levada, pousada nesse rio que se chama Verseiro. Colho aqui teus versos, tuas palavras, as rimas e as imagens que nelas encontro... Maravilhoso ancorar aqui!

    Beijo

    ResponderExcluir
  13. Seja folha então, e voe, ou navegue, nos ares e rios da vida. Boa pós.
    Abs

    ResponderExcluir
  14. Ser folha e deixar que o vento do destino nos leve... é dar a vida a leveza necessária para que os sonhos se tornem realidade!

    Eu gosto muito da sua série Eu...
    A grandeza do poeta é dar vida as letras e você faz isso com perfeição.

    Boa sorte nos estudos!

    Um beijo com meu carinho

    ResponderExcluir
  15. A você, folha verseira bonit(o)a, lhe afianço que vogar ao sabor da maré, é qualquer coisa de maravilhoso! Seus poemas, gravados na folha, na margem do rio ou na areia ou só no olhar, são lindos de qualquer jeito.
    Semeando beijo no seu coração.

    ResponderExcluir
  16. Oi amigo!
    Obrigada pelo carinho que deixou no meu espaço. Aqui retribuo igualmente e ficarei atenta a os versos que aqui serão semeados.
    Quanto a este Eu, folha, leva-nos a desejar acompanhar o seu trajecto sem pressas.
    Adorei!
    Beijo,
    Judite

    ResponderExcluir
  17. Obrigada pelas suas visitas tão atenciosas ao meu cantinho!
    Sei que ando em falta com os amigos, mas também tem relação com o tempo.
    Pretendo a partir de Outubro voltar a ser mais frequente em todos os blogs que gosto.
    Boa sorte nas suas tarefas.
    Beijos Tempestuosos!

    ResponderExcluir
  18. KI MARAVILHA ENTRAR NO SEU BLOG, SEMPRE ME EMOCIONA E VC CONSEGUE PASSAR O QUE REALMENTE SENTIMOS, ABRAÇOS!!!!!

    ResponderExcluir
  19. É um desjo constante ser folha, ser levada pelo vendo sem destino...

    Paseei pra desejar uma emana lnda pravc, com muitasssss coisa boas!!

    beijos no s2 da Barby

    ResponderExcluir
  20. Boa Noite meu nobre!

    Folha ao vento, deve ser uma sensação única deixar se desprender de tudo e soltar-se ao tempo.

    Mas confesso meu amigo que isto me asusta, se até planejando tudo eu vivo me extrepando imagina se soltar-me a mercê de um destino sem a possibilidade de interferencia. (afff isso me da medo rsrs)

    POeta, brincadeiras a parte tenha certeza de que é sempre bom compartilhar de tuas poesias, desde que descobri seu espaço não deixo de vir aqui sempre que posso.


    Agradeço suas palavras amigas , é uma honra receber tuas visitas.

    Quanto a seu questionamento, fique tranquilo que não tenho problemas em conversar a respeito, lhe adianto que embora a formação me ajude a perceber melhor algumas idéias, é fruto da experiência a coragem em defende-las sempre que as oportunidades surgem.

    Add vc no msn assim qualquer dia conversamos a respeito e se Eu lhe puder ser útil pode contar comigo.



    Abraço e ótima semana para nós Ok !

    Luciano Braz

    ResponderExcluir
  21. Cheguei aqui, neste universo onde as palavras tem cores e o coração explode de vida nova... Abraços.

    www.solidaodealma2.blogspot.com

    ResponderExcluir
  22. Elcio querido, teu poema é divino!
    Sinto-me as vezes como as folhas. Sou levada pelo vento, sem direção, talves rumo ao incerto destino!
    Tenha uma linda semana! Adoro tua visita e tuas palavras sempre carinhosas, obrigada querido.

    ResponderExcluir
  23. Eu, quase sempre, quero ser rio. Rolar águas e folhas e vidas e poesia... como aqui!
    Maravilhoso o seu Indagações. Um pouco de mim, vi ali!
    Beijocas

    ResponderExcluir
  24. Na natureza - a folha. E nas folhas, a nossa natureza.

    Lembrei deste mas sou daquelas que a cada vez que leio, tenho um novo olhar.

    Beijos,

    ResponderExcluir
  25. Olá Elcio...boas tardes.....
    Ser folha.....nunca tinha pensado nisso.........
    mas depois de ler este excelente poema..fiquei com outra ideia....
    Defacto ser folha até devia ser engracado...poder andar por ai ao sabor do vento....vendo paisagens sonhando com outra direccao...e chegar lá ..sinceramente gostei

    obrigada pelo seu comentario
    foi um prazer estar aqui.....
    boa semana.....
    um abraco de amizade
    Rui

    ResponderExcluir
  26. Fala xará.
    Passeando por blogs, eis q chego até aqui...gostei do q andei a ler.

    Volto mais vezes ok?

    [ ]´s e boa semana.

    ResponderExcluir
  27. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  28. Vê se estuda direito viu moço!
    Bjs.

    ResponderExcluir
  29. Eu queria então ser o rio que carrega a tua bela poesia em forma de uma folha até o mar para correr para mundo ler. Abraço

    ResponderExcluir
  30. E que o desejo da folha de encontrar o mar se realize, porque desejos são pra serem reais.
    Beijossssssssssss

    ResponderExcluir
  31. Bellos deseos amigo Elcio. Lindos versos. Espero que tus deseos se cumplan algún día. Mil besitos!!

    ResponderExcluir
  32. Talentoso e Admirável Amigo Poeta:
    Um poema deslumbrante saído de sue génio poético fabuloso.
    "...PRA SER LEVADO PELO VENTO
    SEM DESTINO, COLHENDO PAISAGENS
    NUM BALANÇO SUAVE E SERENO
    ATÉ POUSAR NUM RIO
    E SEGUIR SEM PRESSA
    AO ENCONTRO DO MAR..."

    Significativo. Brilhante. Intenso na musicalidade perfeita. Extraordinário.
    Simplesmente, notável.
    Com respeito e toda a estima do Mundo.
    Abraço amigo grato

    pena

    OBRIGADO sentido pela sua amizade.

    ResponderExcluir
  33. Os amigos entendem as ausências, os silêncios,tudo!
    Quem me dera ser folha neste momento, Élcio.
    Beijinhos e estuda muitooooooo!Torço muito por ti e pela concretização dos teus projectos. Felicidades sempre meu amigo.

    ResponderExcluir
  34. Oi Elcio... Somente hoje fui ler a respeito de Pão e Poesia.
    Que dupla maravilhosa heim?
    Amo os dois!!!rsrs
    Obrigada pela dica... vou pensar em algo para inscrever!

    Um beijo carinhoso

    ResponderExcluir
  35. Adorei esse poema a primeira vez que o li. Acho-o ótimo!
    E também gosto de te ler naquele meu cantinho. Ainda juro que vc escreveu aquele trecho enquanto olhava minha foto... kkkkkkkkk.
    Que bom estar de volta!
    E é sempre ótimo me deparar com suas palavras e seu bom humor.
    Obrigada por ser presente.

    Beijão, querido!

    ResponderExcluir
  36. ao encontro do mar é sempre um destino eleito. e no mar encontrar as marés/ vagas do sentir.

    ResponderExcluir

Semeando