quinta-feira, 17 de dezembro de 2009

NA LINHA DO TEMPO

Bem, só para deixar registrado, o menino Rodrigo, a qual se referiu minha postagem anterior, está melhorando a cada dia, apesar da bala ainda estar alojada em sua nuca. Embora isso ainda preocupe, os médicos estão otimistas com a evolução.

Fala gente, fala galera, fala todo mundo...aliás, eu é que tenho de falar e retribuir a presença dos que aqui estiveram apesar da minha ausência.




Na linha do tempo

O tempo
Concedeu-me o instante preciso
Em que eu me veria no espelho da vida
Então repintei sentimentos e cores na alma
Enfeitei com flores meu coração
E a dedo, escolhi a mais linda paisagem
Mas quando observei as imagens
Descobri que nada havia mudado na essência
Nem mesmo as estações já retorcidas
Que só agora neste instante compreendo
Devido ao ruído contido nas palavras inesperadas
Que encabuladas ainda rondam meus sentidos
Portanto, observador fiel de meus próprios dilemas
Do mesmo modo que me deixei um dia ainda adolescente
É que ainda me permito degustar o néctar deste meu indefinido poema
Já que ao buscar decifrar e amenizar a tristeza arraigada nos olhos da poesia
E ainda brincar de forma séria com o vasto e lindo riso que ainda coabita em meus instintos
Foi que rejuvenesci como a criança que não tem segredos e nem limites
E por esse motivo, entorpecido de bravura, ternura, alegria, carinho, coragem e porque não dizer “existência”
É que troquei a mansidão das brisas acomodadas
Pelas ventanias emergenciais e aflitas dos adultos
Ao querer ultrapassar sem receios, o limite invisível, das muralhas impostas pela vida
Por isso reescrevo e guardo na tela transparente do meu presente
Alguns pequenos fragmentos do que ainda me resta
E digo: pudessem todas as pessoas, quem sabe talvez um dia
Contemplar e reconhecer com os olhos puros da emoção
Os instantes mais doces e ingênuos
Repensar as lições verdadeiras e inusitadas
E assim, compreender sem mágoas, a verdade
Pois a vida vai mudando, surpreendendo, revelando
E o todo apesar da ternura e da inocência, vai absorvendo as ventanias agridoces de outras estações
Sendo assim, o que parecia ser apenas um silêncio incomodado
Acaba transgredindo e trazendo a tona os ecos mais distantes
Ah...a vida, essa luta desigual e transitória
Que dobra e machuca os joelhos da gente
Que alarga o coração, os desejos e a saudade
Mas que também alerta, nos cura da inocência mais ingênua e nos protege dos escombros
Permitindo-nos seguir adiante, tateando as próprias querências que ficaram pelo caminho
Por isso ainda decolo e viajo com os pés fincados intimamente no chão macio das nuvens
Brinco de pique comigo mesmo nas horas vagas
Empino pipas com a linha do tempo
E mergulho sem medo no rio das incertezas mais certas
Para que um dia eu volte a correr sem destino
Sentindo no rosto aquele vento sem norte
Aquele sol sem pudor e sem medida
E ainda o perfume in natura da terra molhada
Portanto, que eu perdoe, compreenda e aceite de peito aberto toda essa minha indelegável humanidade
Para que eu então renasça outra vez simplicidade
Pés descalços na areia, cabelos soltos ao vento
Sem querer saber do tempo e sem querer saber da hora
Porque tudo isso não é um simples delírio
E muito menos uma linda e estonteante primavera
É sim, com certeza, apenas uma fração do que eu já sabia por inteiro
Só que propositadamente, preferi confinar nas linhas de um papel qualquer
Que até ontem, sonolento ainda dormia
No aconchego mágico e ilusório
Desta lúdica poesia
Autores: Elcio Tuiribepi, Bethânia e uma conhecida da Bethânia...
E acreditem...nem a Bethânia lembra o nome dessa conhecida...rsrsrs
Bom...dever cumprido na facul, cá estou eu no meio da poeira (reformazinha de um quarto aqui em casa) pronto para colocar os coments em dia...porém...vamos devagar...aos poucos vou chegando no cantinho de todos ok...pelo menos é o que pretendo...rsrs
Um abração na alma...um beijo e um queijo...lá vou eu...rsrs
“O passado não reconhece seu lugar
Está sempre presente”

Mário Quintana

33 comentários:

  1. Adorei receber sua visita!
    Bom saber que o menino esta indo bem e ler Mario Quintana, pronto, completo o dia!
    bjs.

    ResponderExcluir
  2. Élcio,
    Bom retorno! E pelo jeito... vem com tudo!!!

    "... que eu perdoe, compreenda e aceite de peito aberto toda essa minha indelegável humanidade
    Para que eu então renasça outra vez simplicidade"

    Palavras sábias...Lindo demais!

    ResponderExcluir
  3. Lindo texto de tres amigos.Perfeito e como o tempo nos inspira,não? abraços,tudo de bom,chica

    ResponderExcluir
  4. O pé de verso atualizado sempre é bom.

    Um abraço.

    ResponderExcluir
  5. Elciiiiioooooo!
    Que bom que voltou! E que delícia de comentário!
    E que bom que o rapaz está melhorando. Há de se recuperar, se Deus quiser!
    Como é gostoso tê-lo de volta. E pode fazer piadas à vontade... amigo é pra essas coisas... kkkkkk.
    Pois é, eu bem to querendo fazer uma pós também, mas meu problema é horário.
    Vê se não some mais, viu?
    E, pelos mesmos motivos desagradáveis que os meus, meu anjo também mudou o blog de endereço e de nome.

    Agora está aqui:

    http://bomruim.blogspot.com/

    Adorei o queijo e retribuo o beijo!
    kkkk

    ResponderExcluir
  6. Natal...
    É o mês de confraternização Agradecimento pela vida
    Bênçãos ao filho de DEUS
    União, amor, reflexão!

    Que o bom velhinho traga um saco cheinho de paz,
    harmonia, fraternidade
    Que o gesto de ternura se estenda de várias mãos
    Que ao som dos sinos
    O amor exploda em toda direção!

    FELIZ NATAL!
    UM ANO NOVO DE FÉ E SUCESSO!

    ResponderExcluir
  7. Elcio
    Fizeram um texto poetico e bonito com imagens muito ricas e lindas...empinar pipa com a linha do tempo...adorei.
    Que bom que o seu amigo está se recuperando bem.
    beijos

    ResponderExcluir
  8. Voltando, em férias, sensação de dever cumprido....
    Voltando com tudo em versos que me fazem lembrar Drummond de muitos versos vianjantes em A máquina do tempo.

    Que parceria legal fizestes aqui!
    Um abraço

    ResponderExcluir
  9. Admirável Amigo:
    Um poema lindíssimo saído da sua extraordinária mente sonhadora com beleza e pureza.
    Um Post GIGANTE de talento. Harmonioso. O regresso à infância com os seus sonhos que regressam a cada passo da existência.
    Feito com um génio extraordinário. Toca as palavras com muita beleza.
    Feliz Natal. Adorei.
    MUITO OBRIGADO pela visita que preenche de amizade.
    Abraço forte de parabéns sinceros.
    Sempre a admirá-lo e a respeitá-lo

    pena


    É fabuloso, Amigo ENORME!
    Feliz Natal!

    ResponderExcluir
  10. A vida e a linha do tempo. E sempre refletindo vamos, o tempo que vai passando, o que está por vir, o que deixamos passar, o que soubemos aproveita....

    E o escrever ajuda nesse ver o tempo, o ler a vida.

    abraços, beijos, e queijos rsrs

    ResponderExcluir
  11. Neste Natal resolvi fazer uma homenagem diferente.
    Coloquei em minha árvore somente os presentes que ganhei, e felizmente,
    não couberam, de tantos e tantos que adquiri durante estes anos.
    Porque vocês, meus amigos, foram
    os presentes que recebi de Deus.
    Presentes que se fizeram presentes no decorrer
    deste ano, de outros e mais outros, de hoje e de ontem e
    que com certeza amanhã continuarão a me dar muitas alegrias...
    Vocês são presentes de coração....
    Aqueles que não compramos, pois não há preço
    nem dinheiro nenhum no mundo para pagar...
    São presentes que colhemos na árvore da vida, são
    frutos da amizade e de muita luz em nossos momentos...
    algumas vezes nebulosos pelas adversidades da vida...
    Mas quando do nada, vocês aparecem, nos fortificam
    e nos irradiam tanto amor, independente da distância
    física, sempre próximos em permanente sintonia.
    Meus amigos,
    quero agradecer em prece, por vocês existirem.
    Que a alegria, o amor, a fraternidade, o perdão,
    a compreensão... continuem nos unindo.
    Que Deus, em sua infinita bondade, continue
    orientando-nos e mantendo acesa a luz da Amizade,
    do Amor e da Paz entre todos nós.

    Saudações Florestais !
    FOI DESSE JEITO QUE EU OUVI DIZER...
    em: http://www.silnunesprof.blogspot.com

    ResponderExcluir
  12. Oi Elcio

    Tudo bem contigo?

    Quanto tempo né, adorei o comentário do Brad Pitt rsrsrs e concordo com os atores que tu falou.
    Desejo um excelente Natal pra ti e pra tua família e que em 2010 tu tenha cada vez mais sucesso.

    Grande abraço


    Bjs

    ResponderExcluir
  13. Olá, Elcio!
    A sua *indelegável humanidade* é maravilhosa!
    Amei*
    Boas Festas, querido amigo*
    Beijos*
    Renata
    Força e Saúde para o Garoto*

    ResponderExcluir
  14. Seja bem vindo de volta a esse nosso mundinho de sonhos e paz amigo,,,forte abraço, otimo domingo e uma belissima semana.

    ResponderExcluir
  15. Querido Elcio, maravilloso tu regreso. hermosos versos.
    me alegro infinito de la mejoria de Rodrigo. ojala este año que comienza os regale a ambos la mejor de sus sonrisas.
    Un abrazo lleno de cariño, y cmo no, Mil besitos!!!

    ResponderExcluir
  16. Oi querido,
    vim te desejar um Feliz Natal e um ano novo cheio de realizações.
    Bjs.

    ResponderExcluir
  17. Muito bom Elcio...Bethânia ( e conhecida da Bethânia que nem a Bethânia lembra o nome... rsrsrs )
    Legal essa coisa de escrever a dois, a três...
    Em meio ao texto encontrei essa verdadeira jóia:
    "...buscar decifrar e amenizar a tristeza arraigada nos olhos da poesia".
    Há tempos que é isso o que mais faço.
    Parabéns ao trio...

    Que história mais chocante a que você relatou no ultimo comentário que deixou em meu blog... Eu posso te dizer... Não gostaria de ter visto a cena. É o tipo de coisa que fica gravada na retina.

    Forte abraço,

    ResponderExcluir
  18. Querido
    Primeiro peço-lhe desculpas pela ausência de tempos, porém, estive com problemas de saude em família, agora estou aos poucos retornando.
    Peço-lhe que se quiser veja meu mais novo filhote o livro do Raposo, O Idoso Odiosos que acaba de sair.
    Se quiser dar uma olhadinha acesse o site abaixo, ou entre em contato comigo.
    Estarei providenciando uma noite de autógrafos logo depois das festas de fim de ano, conto com a sua presença lá.
    Beijos
    Fabiana Guaranho
    www.biblioteca24x7.com.br.

    ResponderExcluir
  19. Elcio querido,
    fico feliz em saber que o Rodrigo esteja melhor, embora saibamos que uma bala alojada na nuca não seja um bom sinal. Que Deus proteja este menino, é tão novo, lindo e ainda carrega consigo ar de inocência em sue rosto. Que neste Natal Deus dê forças e serenidade a esta família para que conseguigam ter paz e fé, mum momento tão triste e doloroso como este.
    Obrigada pela gentil visita e doces palavras em meu cantinho.
    Lindísso poema á três.
    Feliz Natal meu querido, desejo-te muita saúde, paz e prospridade.
    E que 2010 seja renovador para ti e para os teus. Muito sucesso e muita luz!!!
    Beijo na alma...

    ResponderExcluir
  20. Sou sua fã! Você escreve brilhantemente bem!

    Bom Elcio...
    Você fez parte da minha caminhada durante esse ano.

    Eu agradeço de coração por você ter marcado a minha vida com a sua presença.

    Desejo para você e todos os seus familiares um Natal repleto de AMOR e MUITA PAZ!

    Um beijo carinhoso

    ResponderExcluir
  21. Que esse menino renasça todos os dias em seu coração e lhe traga Luz para nos abrilhantar com belas e intensas poesias. Um natal repleto de paz junto dos seus e um ano Novo de Luz. Abçs.

    ResponderExcluir
  22. Em primeiro lugar gostei muito daquele contador de animais abatidos enquanto visitamos um amigo... Coisas inteligentes e inusitadas assim me chamam sempre a atenção. E sempre encontro muitas aqui...
    Agora Querido Elcio:
    Muito obrigado pela lembrança e, principalmente, pelas palavras. Ah! se pudéssemos muita coisa, não é meu amigo?
    Num mundo que anda cheio de vícios e de coisas chocantes, o poder nas mãos nos faria resolver tanta coisa!!!! Mas não nos deixam....
    Para te ser franco, até por uma questão de formação e educação, em nosso família essa história de natal e ano novo não tem muita importância. Na época das vacas magras, ouvíamos minha mãe dizer que cada dia é igual e todos são importantes.
    Assim, depois de passada meia vida, agora já com 45 anos, costumo repetir essas palavras. Não espere que eu repita frases que as pessoas francamente falam no piloto automático:
    - Feliz isso... Próspero aquilo outro....
    De mim o que podes ter certeza é de que mesmo não te conhecendo pessoalmente, conheço teus sentimentos, tua sensibilidade e personalidade. E que, portanto, te desejo as mesmas coisas boas, regadas a muitos sorrisos e multiplicação de momentos agradáveis, no dia 25 e no dia primeiro... E que os 26, 27, 28, 29, 30 e 31, 2, 3, 4, 5 e os outros dias da vida te sejam sempre favoráveis e que as notícias e coisas boas em tua vida apliquem uma goleada no time do pessimismo, da amargura, da desilisão e da falta de elegância.
    Um abraço fraterno meu querido verseiro.
    Te cuida!
    Daniel

    ResponderExcluir
  23. Um poema Perfeito, admirável Amigo.
    Festas Felizes.
    Abraço de agradecimento pela visita sensível e extraordinária que gostei muito.
    Saudações amigas natalícias a toda a sua família de sonho com quem vai passar o Natal.
    Com admiração pelo seu brilhantismo poético sensível.

    pena

    MUITO OBRIGADO sincero.

    ResponderExcluir
  24. Elcio..venho agradecer e tambem lhe desejar um santo Natal junto de todos aqueles que lhe sao mais queridos..que seja um dia imensamente feliz sao os meus desejos para Si familiares e amigos
    ..fique bem e muito obrigada por tudo.....
    um abraco cheio de amizade
    Rui

    ResponderExcluir
  25. Oi, meu amigo.
    Recebi tua mensagem e preciso dizer que, também conheci um Rodrigo, assim como o que mencionas. Bom voltar a ler você.

    Felicidades, Élcio.
    Bom Natal.

    ResponderExcluir
  26. Meu Pé de Verso preferido...rs

    Que durante todo o ano alimentou minha alma com palavras de amor e carinho...

    Que seu natal seja iluminado, como são as vibtrações que emanam de voce...


    Élcio, Natal é amizade, é festa, é riso é alegria....

    Que bom ter voce como amigo... ter feito parte da sua vida, mesmo que virtual, mas sempre tão presente...


    Beijos e muita paz em seu coração....

    ResponderExcluir
  27. _________________________________

    Que bom te-lo de volta, Elcio!

    O texto é bonito, reflexivo...Parabéns aos escritores!

    Quanto ao rapaz, que esteja logo completamente restabelecido! É o que desejo de coração...

    Beijos de luz, o meu carinho e um NATAL, muito, mas, muito feliz!!!

    __________________________________

    ResponderExcluir
  28. ...olá poeta!!

    abraços da sumida...rsrs

    Natal é Paz, Natal é Amor,
    Natal é Luz de nome JESUS!

    ...à você que caminhou comigo
    por todo este tempo, e que
    por isso considero um amigo
    especial, um irmão de caminhada
    nesta jornada terrestre,
    à você que tanto "trocou"
    comigo pensamentos e idéias
    do bem,
    quero deixar meus melhores desejos
    de que tenhas um maravilhoso NATAL!

    um beijo!

    ResponderExcluir
  29. Obg. pela visita. Feliz Natal e um próspero Ano Novo. Tb sumi, ou seja, a poesia que fugi de mim. A Célia pegou um rascunho de uma poesia que tentei fazer e me presentou com uma obra digna de aplausos, os créditos são todos para ela. DiRo.

    ResponderExcluir
  30. Oi Elcio.

    Obrigada pelo comentário lá no meu blog.

    Estou passando para te desejar um Feliz Natal e um Ano Novo repleto de realizações.

    Um grande abraço,
    Patrícia Lara

    ResponderExcluir
  31. Espero que o menino se saia bem. Mário Quintana é?! Ele e Drummond são os meus favoritos e gosto também de um tal de Elcio Tuiribepi lá do Rio. Conhece? Feliz Natal! Abraço

    ResponderExcluir
  32. Élcio,
    Desejo que tenha um Natal abençoado e harmonioso junto aos seus e que 2010 seja um ano de muitas realizações, tto pessoais qto profissionais!

    Bjo.

    ResponderExcluir

Semeando