domingo, 3 de janeiro de 2010

Incandescência


Galera, o primeiro poema-canção de 2010 ganhou vida, até que gostei, não é que com a melodia ele ficou mais bonito...rsrs
Esse detalhe é que admiro nas canções, muita das vezes uma letra nem é aquilo tudo, mas quando entra o som...nossa! Muda tudo, transforma realmente...

Um abraço na alma, um beijo e dois queijos para começar 2010 de forma diferente...

E que as chuvas se acalmem!


Incandescência

Essa ardência que me corta
Atraca bem na minha aorta
Quando quer me embarcar

Traz nas entranhas beladona
E um tanto de testosterona
Para então me atormentar

Ela nasceu da alquimia
Em mim espalha a ventania
Que eu não quero alforriar

Essa lua ainda crescente
Além de cheia, incandescente
Quando quer me encantar

Bem lá do alto me acena
Em outras tantas só encena
No horizonte se entregar

Ela nasceu á luz do dia
Em mim reflete a poesia
Que eu jamais vou terminar

Elcio Tuiribepi
Edu Toribe

36 comentários:

  1. "Ela nasceu á luz do dia
    Em mim reflete a poesia
    Que eu jamais vou terminar"

    ...Imagino a canção soando no ar ao ler as palavras.

    Parabéns Elcio Tuiribepi e Edu Toribe, vocês fazem belas parcerias e merecem ser aplaudidos de pé!

    Iniciaram 2010 de forma brilhante!!!

    Um beijo carinhoso para os dois!

    ResponderExcluir
  2. Que a ardência continue causando essa ventania de poemas e melodias, não há porque alforriar desde que lhe traga alegria.

    beijos na sua alma

    ResponderExcluir
  3. PUXA,FICOU MARAVILHOSO MESMO!A INSPIRAÇÃO TÁ LEGAL! abração,chica

    ResponderExcluir
  4. Parabéns Elcio, um forte abraço para ti com o desejo dem um optimo 2010.

    ResponderExcluir
  5. Que seu 2010 seja repleto de coisas boas!
    Um forte abraço,
    Grazi

    ResponderExcluir
  6. Oi..tudo boomm?
    Gostei do blog...Estou te seguindoo...Té+++++++++++

    ResponderExcluir
  7. Um começo brilhante, muito boa a poesia
    A lua que incendeia.
    beijos

    ResponderExcluir
  8. Elcio,

    Ficou muito belo o poema-canção. Queria ouvir. =)

    Bjos.

    E por aqui também anda chovendo.

    ResponderExcluir
  9. Muito lindo!
    Eu tenho um amigo que me chama de "incandescência". Um dia pedi para ele me explicar, melhor deixar pra lá...
    Bjs.

    ResponderExcluir
  10. Elcio... bom ve-lo aqui logo nesse primeiro dia util do ano.
    Então não consigo ver a palavra seja ela como seja usada ou empregada
    de forma engessada, estatica.
    A palavra tem que poder gerar alguma reação.
    Amo a intereção e como educadora e formadora de opinião é fundamental
    ver o desequeibrio causando
    novamente equilibrio

    que o pleno exercicio do pensar, não para filosofar
    que é outra forma do uso da mesma.
    Esta convidado a discordar
    sempre que achar q necessario
    se faça.
    Bjins entre sonhos e delíriios

    ResponderExcluir
  11. Uma bela semana pra ti amigo...respondendo sua pergunta no Livro, algumas coisas que escrvo virão canões sim..mas coisa simples,,,bem amador...rs..rs..abraços

    ResponderExcluir
  12. Uma cantiga que entoa a candeia. Encandeia...
    Abraços, amigo.

    ResponderExcluir
  13. Edu Turibe, essa sua canção é fogo mesmo! Eu gosto assim, forte!

    Trago-te um abraço e um pedido de descupas, por apenas hoje te desejar um 2010 muito, mas mesmo muiiiiiiiiiiiiiiiiiiito feliz, com tudo, ou a maior parte daquilo que sonhas!

    Beijo, amigo.

    ResponderExcluir
  14. Me perdoa Elcio, não foi por mal que não escrevi seu nome no comentário acima. É evidente que o carinho é para os dois. Toma meu abração grandão.

    ResponderExcluir
  15. Meu caro Elcio,
    Comecastes o novo ano um lindo poema.
    Um bom comeco, com certeza absoluta!
    Beijos, flores e muitos sorrisos!

    ResponderExcluir
  16. E iniciaste o ano muito bem, esse poema com uma boa musica vai ficar mesmo no ouvido e bater no coração
    beijinhos

    ResponderExcluir
  17. Quem é Onairam Mesrede? Toda possibilidade de ser, na prosa ou poesia eu sou, perco a identidade, mas não o significado, mudo para ser o mesmo sempre, sem conceito, preceito ou preconceito. E para tudo isso é preciso amigos-candeias, como vc, para que eu possa incandescer, tb. Valeu cara, muita Luz.

    ResponderExcluir
  18. Afff... forte essa letra hein!!!
    E bonita
    Um beijo, dois queijos e meio pezinho de couve que ninguem é de ferro, uai!

    ResponderExcluir
  19. Bom dia meu amigo, continuando nossa prosa musical...rs..rs..rs..vamos por assim definir, tambem não su nenhum João Gilberto...rs.rs..rs..tenho cá minhas restrições que são imensas, uso acordes basicos de roqueiro, sem muitas extrepolias...rs..rs..coisa bem simples, no meu caso não é nada facil, eu tenho muitos textos prontos, alguns são totalmente impossiveis de musicar, outros até que dão, uma vez eu estava brincando com o violão despretenciosamente e numa brincadeira criei uma sequencia, fiquei batendo ela na cabeça e de repente me veio a letra, nasceu "A Lua Me Disse" que já postei um tempo atras, pequena e simples, então eu descobri que é mais facil fazer a musica primeiro e depois encaixar as letras,,,ao menos pra mim...rs..rs...mas pra quem é musico mesmo,,,penso que qualquer caminho vai....abraços e um belo dia....

    p.s. duas perguntinhas, seu irmão é muisico profissional? e voce toca o que, qual estilo? eu gosto de rock, tipo Legião.

    ResponderExcluir
  20. Vim reler e me deliciar nas palavras que imagino canção!

    Um beijo carinhoso

    ResponderExcluir
  21. Oi Elcio

    Obrigada pela visita é um prazer ter o teu comentário no meu Blog.


    Ele não é feioso ele é lindo rsrsrs.

    Bjs da amiga

    Lu

    ResponderExcluir
  22. Bela canção, com poesia, amor, carne, realização...
    Que seu 2010 lhe traga todas essas coisas.
    Beijos.

    ResponderExcluir
  23. ...e por acaso o poeta
    consegue dar fim às
    poesias,
    posto que sua alma vive delas?

    você é fantástico com as palavras!

    beijos

    ...quando digo "gris"
    refiro-me a tonalidades
    acinzentadas.

    ResponderExcluir
  24. Que Maravilha!

    "Em mim reflete a poesia
    Que eu jamais vou terminar"

    Grande Poeta, Elcio*
    Fascinante Compositor.
    O prazer é imenso*
    Bem-Vindo sempre.
    Beijos amigo, querido.
    Lindos Dias,
    Renata

    ResponderExcluir
  25. Bom dia meu amigo, então seu irmão é mesmo fera, é musico profissional, eu não, quem sou eu? eu costumo dizer que brinco com o violão, e muitas vezes eu faço errado e ele conserta...rs..rs..rs...mas entendo essa parte, as vezes temos que mudar uma palavra pra encaixar um acorde, eu mesmo tinha um amigo, alias, tenho, ele não morreu...rs..rs...que era assim, eramos tres, tocavamos por brincadeira, rock, e escreviamos tambem, eu sempre fui mais pro lado do rock tipo Legião, aquela coisa mais pop. mais linguagem do povo, o outro que tocava com a gente era bem metal...rs..rs...e o outro tinha tendencias mpb e muito sertanejo, tinhamos que ficar policiando ele, pois toda vez que ele pegava uma letra pra compor a melodia, se bobeasse ele levava para aquela batida sertaneja...rs..rs...mas enfim, era uma epoca legal, chegamos até a ensaiar num estudio aqui em bh, iriamos fazer um cd totalmente amador, brincadeira mesmo, nada pra vender, só pra deixar o ego inflado,,,,mas no final não levamos a ideia adiante, isso foi há uns 15 anos atras...hoje a gente se encontra pouco, e temos pouco tempo, mas foi uma epoca muito legal...algumas musicas e textos meus são dessa epoca, final de 95 pra 96...hoje, pego o violão, brinco, mas tenho certeza que se mostrar a quem conhece mesmo...muda tudo...rs..rs..rs..rs...abraços e um belo dia pra ti....

    ResponderExcluir
  26. Belo poema, Elcio. E deve ser bela, também a canção.

    ResponderExcluir
  27. poema bonito e nobre!

    parabéns pelo espaço!

    voltarei...

    do homem-menino,
    abraços

    ResponderExcluir
  28. quão belo poema melhor s etem som, meu doce amigo a lama do blog meus pensamentos agradece sempre tua presença,bjs!marcia.

    ResponderExcluir
  29. Um forte abraço pra ti amigo...otima tarde.

    ResponderExcluir
  30. Oi Élcio... Gostei demais da poesia e, pelo que entendi, é na verdade a letra de uma música que você fez em parceria com o Edu Toribe.
    Subi todo o volume das caixas aqui para ver se teria a sorte de ouvir mas acho que por enquanto é apenas para se embebedar na letra.
    Como alguns aí em cima disseram eu gostaria também de ouvir. A letra é boa que dói. E a música deve dar um tempero muito especial. Abração amigo!
    E parabéns pela incandescência!!!

    ResponderExcluir
  31. Muito boa a levada, o ritmo se sente mesmo.

    Essa coisa de chute no saco dói, não dê idéia a uma mulher com a raiva nesse tanto. kkkkkkkkkkkk

    Mas mesmo assim agradeço as palavras!

    até mais.

    Jota Cê

    ResponderExcluir
  32. Oi, Elcio!
    Finalmente apareci.
    Da letra já gostei, agora quero ouvir. Tenho certeza de que ficou ótima.

    Saudades daqui!

    Beijos, querido!

    ResponderExcluir
  33. Vc me contou essa história, Elcio, quando escrevi me despedindo do Lupy, lembra?
    Fui ver o poema que vc fez, ficou lindo.
    Aff... fiquei muito, muito triste... demais mesmo. Mas com o tempo eu me acostumo.
    Ilo tá aqui... está me dizendo que vc é o poeta preferido dele, do século 21... rs. Olha que chiqueeeeeeeeeeeee!
    Gente que sabe escrever é outro nível mesmo... chego lá um dia, quando eu crescer... rs.

    Super beijo, querido!
    E obrigada por estar sempre presente.

    ResponderExcluir
  34. Elcio, adorei ...
    que faço pra ouvir??
    Aguardo resposta...rs
    Abraços.

    ResponderExcluir

Semeando