segunda-feira, 31 de maio de 2010

CIRANDA AZUL



Olá amigos, obrigado de coração a todos que de alguma forma estão colaborando com nossa ação solidária, seja por meio de doações, seja por meio de palavras, de idéias, dando força, incentivando...enfim...obrigado a todos
Nós agradecemos a confiança...valeuu

Galera amiga do Espaço Aberto: Um por todos e todos por um! Sempre...vamos que vamos...

NÃO DEIXEM DE PRESTIGIAR A ENTREVISTA COM O AMIGO EDER DO GOTASDEPROSIAS...
ESTÁ IMPERDÍVEL!

Bem...mais uma parceria com o mano Edu...bjo mano...obrigado por mais essa...

CIRANDA AZUL

Nossa cantiga é mansa
Por isso a gente dança
Já que a vida é um passo breve
Tanto denso, quanto leve

Quanto mais o tempo passa
Perdura toda a graça
Da nossa emoção

E quando a gente se aproxima
Cada gesto é uma rima
Escrita nas linhas da mão

É um verso sem medida
Que agora transcende a vida
Até que morra a solidão

É um poema cerzido
E bordado no tecido
Que enfeita o coração

Se há mesmo um vento forte
Que nos sopra calmarias
Eu alimento de azuis a Lua

Pois até onde o pensamento
Sem limites te alcançar
O Sol vai estar contigo
Aquecendo e acolhendo a tua razão
Com seu amor subentendido

Pra que nas horas de magia
O verso cante em sintonia
No tom que agora a voz entoa
Acalmando o coração
Na ternura da poesia

Edu toribe
Elcio Tuiribepi

26 comentários:

  1. Que coisa linda, Élcio!

    Pode colocar música,
    pois as palavras já tem ritmo próprio,
    muito bem costurado esse poema,

    parabéns para os dois!!

    Bjs!

    Ester
    .~*~.

    ResponderExcluir
  2. Lindo poema , é o vento em sintonia .
    Lembra a infancia. Elcio
    Foto ,uma doçura!
    boa semana com abraços

    ResponderExcluir
  3. Admirável Amigo:
    O que escreve é de uma solidariedade imensa e preciosa num Ser fabuloso e fantástico.
    Tem uma sensibilidade extraordinária e a calma que eu não tenho. Felicito-o por isso e peço as minhas mais sinceras desculpas pela minha inusitada ansiedade.
    Desculpe. Escreve divinalmente.
    Adorei.
    Tem o perfil adequado para triunfar em pleno na vida.
    Abraço amigo de grandioso respeito, estima e consideração.
    É um Ser Humano brilhante e perfeito.
    Abraço bem forte de amizade pura.
    Sempre a admirá-lo e a lê-lo atentamente.

    pena

    Bem-Haja, prodigioso amigo de bem.
    MUITO OBRIGADO pela sua compreensão.

    ResponderExcluir
  4. Quase dá prá ouvir a melodia que embala esta cantiga.

    Bela imagem, Élcio.

    grande abraço,


    E novamente parabéns pelo movimento.

    ResponderExcluir
  5. Você sabe o quanto o meu coração anda sensível ultimamente...
    Ler uma postagem tão linda assim é ser levada as lágrimas.
    Mas dessa vez são por uma emoção feliz.
    Acho rico demais o dom que vocês 3 possuem para a arte de um modo geral, Deus os iluminará sempre! Acredite!

    Obrigada Elcio por mesmo existindo uma distância física entre nós você ser um amigo presente e solidário.
    Obrigada por ser o ombro amigo em meus momentos de dor!

    Saiba que a recíproca é verdadeira e você também poderá sempre contar comigo!

    Um abraço apertado e carinhoso

    ResponderExcluir
  6. QUe linda música, parece que ouvimos a melodia tocando, mesmo quando som nenhum sai das caixinhas do computador! Um beijo, Deia

    ResponderExcluir
  7. Sua poesia nos inspira a ser feliz!
    com carinho Monica

    ResponderExcluir
  8. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  9. Um poema cheio de graça e ritmo. Lindo, como sempre, a cirandar... Beijo

    ResponderExcluir
  10. Élcio,

    Este é um poema para ser lido por outra pessoa, enquanto fechamos os olhos. É preciso senti-lo.

    Parabéns a vocês dois.


    Abração, meu amigo.

    ResponderExcluir
  11. O poema é lindo e de duas pessoas talentosas.
    Escrever com alguém de quem gostamos muito e conhecemos tão bem como um irmão, deve ser maravilhoso.
    Um beijo aos dois.

    ResponderExcluir
  12. que lindos versos,um abraço forte no meu amigo elcio verseiro.marcinha

    ResponderExcluir
  13. Bonito poema, ritmado, cheio de leveza...verdadeira ciranda azul...

    Boa semana pra vc!

    ResponderExcluir
  14. E poema passa uma cantiga mansa, passa um passo leve.
    Vem bailando em sensibilidade, em ternura, em delicadeza.

    Belo, muito belo!

    A beleza aumenta, transborda quando vocês dois se juntam.

    abraço

    ResponderExcluir
  15. E que falha minha não ter observado logo a imagem.
    As crianças da imagem estão perfeitas, passa o movimento, chama a atenção o sorriso delas, dá até para escutar a música e os sorrisos....

    E eu me transportei..."a carrocinha pegou três cachorros de uma vez...", "ciranda, cirandinha vamos todos cirandar, vamos dar a meia volta, volta e meia vamos dar..." e na volta o menino soltou a mão...adorava brincar de roda..e o menino parece meu irmão...e eu estou na roda rsrs

    Adorei essa viagem. Foi até bom não ver antes. rsrs

    beijo na alma.

    ResponderExcluir
  16. Caro amigo.

    Nas cirandas do coração,
    a vida se veste
    do azul da esperança.
    Assim em uma dança solidária,
    encontra seus sentidos
    e verdades.

    Que haja sempre em
    teu coração espaço
    para os sonhos.

    ResponderExcluir
  17. Sempre saio daqui com a alma "embelezada".

    parabens!!!

    Beijos

    ResponderExcluir
  18. Sempre feliz a parceria de vcs.
    Ficou lindo, padim.

    Te indiquei pra uma brincadeira. Vai lá ver:

    http://presentesdojardim.blogspot.com

    Beijo grande!

    ResponderExcluir
  19. Élcio:
    Não publiquei sozinho os "haikais" para te provocar, ou algo do gênero. Na verdade ando meio sem inspiração e tu sabes que há leitores que notam nossa ausência. Assim, como eu já tinha pronto os "haikais" apelei para eles. O que escrevi ao rodapé foi mesmo em agradecimento a ti e de certa forma um jeito de te homenagear. E assim bnão fiquei três semanas em branco, sem publicar nada.
    Entendo a correria aí e, mais uma vez, elogio tua presteza e calor humano.
    Mas ao chegar aqui e me deparar com esses versos, não pude deixar de pensar no quanto deve ser lindo quando duas pessoas se aproximam e notam que cada gesto é uma rima escrita nas linhas da mão... Que cada verso é sem medida e transcende a vida para que morra a solidão...
    É um verdadeiro poema. Lindo até. Realmente um poema cerzido e bordado no tecido que enfeita o coração...
    Parabéns e belo feriado aí nop lindo e ensolarado Rio!!!! também de junho!!!!

    ResponderExcluir
  20. Oi Elcio passando para deixar um beijo. Você é que despertou essa solidariedade.

    ResponderExcluir
  21. Vc sabe a admiração que tenho pelos seus poemas, mais ainda pela sua pessoa, continua a admiração por vc ser uma pessoa inspiradora, e mais ainda e mais por todo o carinho em relação a minha pessoa. Obrigado é o mínimo que posso lhe dizer.

    ResponderExcluir
  22. Lindo poema...deu vontade de dar as mãos e sair no embalo da ciranda...

    um beijo em teu coração...

    Bia

    Obs-quero ajudar a família do post anterior mandando diretamente alimentos e roupas.Como faço, Élcio...para onde posso enviar?

    ResponderExcluir
  23. é lindo ver a sintonia de dois seres plasmado nesse belo poema, que como muitos comentários dizem se sente o ritmo e tão bem ficaria com uma melodia
    beijinhos de parabéns aos dois

    ResponderExcluir
  24. Olá, meu amigo ..

    O Verseiro é um blog consagrado por ser o blog dos mais belos poemas.

    E você sabe que é o meu poeta preferido...rs.

    Parabéns para os dois por esse poema maravilhoso.

    Preciso falar com você..rs..aquela hora seu irmão chegou..e estou curioso pra saber o que você está planejando...rs..

    Um abraço, um beijo na alma.

    Deus esteja sempre contigo.

    ResponderExcluir
  25. Uma parceria que tá dando certo, então.

    É essa ternura da poesia que nos envolve a todos.

    Beijos.

    ResponderExcluir
  26. Elcio
    Creio que quando Deus desenhou sua familia,certamente ele estava namorando,bendito seja,o ventre e o amor de D.Elza,
    Boas energias,amigo.
    Mari

    ResponderExcluir

Semeando