segunda-feira, 8 de novembro de 2010

COLHEITA



Hoje era dia de perder um livro de acordo com a proposta da amiga Isadora do blog Tantos Caminhos.
Eu pra variar esqueci...rs, mas amanhã vou perder esse livro no ônibus ok...rsrs...
E pode deixar que dentro do livro vou deixar um bilhete dizendo que o livro fora deixado de propósito afim de que o beneficiado possa fazer uma boa leitura. E no bilhete ainda vou pedir que o livro seja passado adiante após a leitura!
Valeu Isadora...antes tarde do que nunca...rsrs





Mais uma parceria com o mano Edu...
Te cuida aí caboclo...se precisar...to por aqui...um beijo putaquilamerda pra você...valeu...
Valeu galera...um abraço na alma...
Beijo

COLHEITA

Extasiados riem meus lábios
acendem com beijos nosso entardecer a sós 
desvendam segredos na fruta e na flor
pequenos remansos de amor
sonhos que espreitam em grãos de ternura
incenso de folhas na pele molhada / cálida...

E brotam canteiros no viço da alma
o verde nos prende e o medo se perde em nós
tristeza se cala, uma fome silente
que faz germinar a semente
do instante encantado que arde em minhas mãos
quando me perco colhendo anseios / em teus seios

Elcio Tuiribepi
Edu Toribe




22 comentários:

  1. Verseiro,
    neste pé de versos

    do cio da terra,germinou
    a alma renasceu
    abundante colheita!
    Boas energias,uma semana de luz!
    beijo
    Mari

    ResponderExcluir
  2. Olá, Élcio
    Hoje foi, de fato, um dia muito feliz... fazer o bem sem importar a quem... bom demais!!!
    Nunca é tarde para se fazer o que é salutar... vc sabe disso e vai correndo amanhã... Boa sorte!!!
    Abraços fraternos

    ResponderExcluir
  3. Amigo Elcio,

    Depois de um longo período compulsoriamente afastado da blogosfera, volto. De certa forma, como um peixe fora d’água (rs). Mas fico feliz de encontrar amigos que continuaram com seus blogs como você. Outros, já não mais existem, e vou atualizando minha lista, e recomeçando a postar ainda que timidamente. Também percebi tantos novos visuais, inclusive o seu, que é de muito bom gosto. Mas na verdade, o que protagoniza é o seu conteúdo, como sempre muitíssimo inspirado. Belo poema. Boa parceria com o Edu.

    Grande Abraço!

    Carlos Barros

    ResponderExcluir
  4. Élcio! Que linda idéia. Perder/achar um livro é algo muito especial, ainda mais se nele encontraremos um bilhete e, dessa forma, poderemos "perdê-lo" para outra pessoa. E a colheita poderá ser farta.

    Colho o seu poema e levo-o comigo. Espalho a linda poesia por todos os cantos, assim fico feliz o dia inteiro. Colho e absorvo esta música extremamnete suave. Levito.

    Beijo

    ResponderExcluir
  5. Linda parceria,Elcio!bela poesia!abraços aos dois,chica

    ResponderExcluir
  6. Mais uma parceria maravilhosa!
    Quem de nós não possui "sonhos que espreitam em grãos de ternura"???
    Lindo demais!
    Que as sementes dessa união de mentes tão inspiradas nos encante sempre com tão belas criações.
    Um abraço carinhoso

    ResponderExcluir
  7. Um ideia muito interessante esta de "perder" um livro. Uma vez li um projeto que era para deixar no banco de uma praça. E soube que foi bem interessante, porque a pessoa deixou um telefone de contato e algumas pessoas deram o retorno.

    Quanto a sua parceria com o mano, é sempre de me deixar sem fôlego.

    Lembrei que um dia ia escrever para um amigo - um beijo no seu sorriso.

    um abraço na alma de vocês, que muitos outros poemas germinem.

    ResponderExcluir
  8. O que importa é deixar o livro por aí. Sempre é tempo de semear.Poemaço a dupla fez.
    beijos

    ResponderExcluir
  9. Élcio também aderi à campanha e deixei um livro na capela da Igreja.
    Quanto ao poema, lindíssimo!
    Um abraço

    ResponderExcluir
  10. Poesia bonta, mas com certeza é uma colheita boa de se colher é o amor...

    Fique com Deus, menino Elcio.
    Um abraço.

    ResponderExcluir
  11. Èlcio, estou relendo...

    E a gente diz que não tem tempo de visitar os blogs
    Nao tem tempo e não tempo
    Mas tem horas que para belezuras assim
    A gente arruma tempo
    Rouba tempo
    Estica o tempo
    Até para o tempo
    E fica relendo, relendo.....
    E o tempo se estica em sonhos



    Dá vontade de matar vocês dois...de abraços!

    ResponderExcluir
  12. Paso rápido a dejarte mis saludos, pues ando atareada. Un besito!!!

    ResponderExcluir
  13. Oi, Élcio!! Todo dia é dia e se esqueceu em um dia, lembrou no outro. Valeu a intenção! Estou listando o seu livro lá no "Luz", só que não consegui visualizar o autor. Me dê uma luz!! Beijus,

    ResponderExcluir
  14. Estacionei debaixo deste pé e colhi as sementes de uma bela poesia e por isso vou compartilhá-la no Face. Abçs cabra bom.

    ResponderExcluir
  15. Eu quero perder um livro.
    Amanha vou dar um jeito de colocar em um lugar bem estrategico
    Com carinho MOnica

    ResponderExcluir
  16. Elcio,
    deixei minha Toda Mafalda,literalmente no Banco!
    como disse o Eder,Abçs cabra bom!(rs*)
    Obrigadao!
    Maris

    ResponderExcluir
  17. Élcio que linda poesia a sua e o título,que eu adorei. Colhemos aquilo que plantamos e regamos com imenso amor.
    Obrigada por participar da iniciativa e espero que tenha conseguido esquecer o livro!
    Um beijinho

    ResponderExcluir
  18. Oi Élcio
    Boa escolha a sua , um livro de textos de Natal , bem à época.Vao gostar ,com certeza.
    Fiquei um pouco anciosa querendo conferir e acabei esperando pra ver quem acharia o livro , foi rápidinho, alguém que possivelmente merece uma boa leitura, um senhor "descuidado" que com certeza nao entra em livrarias.Gostei muito de fazer a alegria dele com o livro esquecido.
    Vamos fazer disso um bom hábito.
    deixo abraços

    ResponderExcluir
  19. Prazer enorme voltar ao "Verseiro" e dar de cara com essa idéia maravilhosa que é "fazer circular uma boa leitura."
    Adorei o poema... "putaquilamerda" é grandioso!

    Essa coisa dos lábios sorrirem e ficarem extasiados com os beijos do entardecer... Essa coisa linda de colher anseios nos seios de alguém muito especial... Tudo isso fala para a porção nossa que mais representa. A de dentro!

    Grande abraço , meu caro!!!!

    ResponderExcluir
  20. Ah, vim pegar o nome do autor!! Cadê? :=)

    Élcio, fiz um banner para os participantes e simpatizantes do "BookCrossing Blogueiro", linkado para o post inaugural da Isa. Fique à vontade para usá-lo ou não, ok?

    Boa semana! Beijus,

    ResponderExcluir
  21. Meu amigo querido!
    Adorei o resultado da parceria com teu irmão... Que linda colheita!
    Quanto ao livro que deverias esquecer, já começaste bem... esquecendo de esquecer... hahahahahaha...
    Beijos, flores e muitos sorrisos!

    ResponderExcluir
  22. Eu tenho um texto neste livro OS MAIS BELOS TEXTOS DE NATAL

    Fátima

    E pratico o Bookcrossing em Blumenau

    ResponderExcluir

Semeando