sábado, 30 de outubro de 2010

HALLOWEEN NO 2° TURNO NO BRASIL



Amiga Mari, valeu pela parceria neste duplix tão repleto de verde e amarelo. Na verdade espero que o vencedor não apronte com o povo e faça valer a vontade dos eleitores...

Bom...além de bonitos poemas o Blog...”Mari Amorim Brincando com a Rima” está sempre antenado com os problemas do país...vale a pena conferir

http://felinodamadrugada1.blogspot.com/

Valeu Cacinho...sem palavras...perfeita esta imagem do nosso grande amigo Serra...rsrs
Valeuuu...mulequeeeeeeeeee...rs
Conheçam a arte do mano Cacinho...no blog “Animações”
http://animadodesenho.blogspot.com/


Doçuras                                       Travessuras


Serra nasceu na Pensilvânia // Dilma criou-se na PTerlândia
Vampirizou São Paulo          // Aterrorizou o planalto
Faminto quer sugar o Brasil //   Travessa quer os doces de Lula
Mari Amorim                              Elcio Tuiribepi


Um abração verde e amarelo na alma de todo mundo..
Boa votação...

Elcio tuiribepi

sábado, 23 de outubro de 2010

Cosa de Piel

Dia 15...feliz aniversário Edu
Dia 21...feliz aniversário Cacinho
(desculpem o atraso, eu estava no devo..rs)

Muito além de irmãos, vocês são amigos raros...to por aqui, mas em qualquer território da vida, como diz o Edu, contem com minha amizade. Saibam que ela estará sempre disponível para qualquer eventualidade..força ai Edu e boa sorte Cacinho

Aliás, boa sorte pra todos nós lá na Argentina...rs...valeu pela parceria

De coração e alma...

Mano véio mais novo..rsrs...beijo

~VOTAÇÃO POPULAR EM FESTIVAL NA ARGENTINA...quem sabe brevemente, classificação em Portugal também...auebaaaaaaaaaaaaaa..rs

CONTO MAIS UMA VEZ COM A PARTICIPAÇÃO DOS AMIGOS..
É A ÚNICA ANIMAÇÃO BRASILEIRA DO FESTIVAL...





LINK PARA VOTAÇÃO POPULAR...
http://www.festifreak.com.ar/2010/index.php?option=com_k2&view=item&id=73:coisa-de-pele-cosas-de-piel&Itemid=25

Cosa de piel
(Versão em espanhol (Cualita)

Piel que cede

Que pide y no mide

Que busca y repele

La voluntad que se adhiere


Piel que desnuda

Tan mia y tan tuya

Que separa y anuda

Que arde y ayuna


Piel que siente

el hambre caliente

Deseo que no miente

El querer ser ardiente


Piel que acepta

La gran emboscada

Se retuerce y se acuesta

Se deleita en la amada


Piel en llama

Se calienta y se iguala

El deseo se desparrama

Y el alma se exhala

sábado, 16 de outubro de 2010

Sonatas quase Bachterianas de Tuiribepi

Fala galera...um abraço na alma...
Este é um poema doido...rs




Sonatas quase Bachterianas de Tuiribepi
( Desconcertos de Mim maior sem dó menor )

Com certeza me bastariam
As minhas psicodélicas amebas
E suas Sonatas quase Bachterianas
Mas meu sangue de mangue pálido
Lamacento, virulento e de odores acres hálitos
Percorre nauseabundo, putrefato e inocente
Coagulando ácido em minhas encardidas veias
Pois as minhas dores epidêmicas e hediondas
Impregnadas de rebeldes cistos flamejantes
Todos infectantes e insubordinados
Agitam a fauna e a flora do meu intestino
Impregnando-os de vermes hospedeiros
De feridas incandescentes e suicidas
Porém, ainda é muito pouco, portanto...
Eu me maquio com micoses e fungos
Que proliferam em minha tez necrosada
Endurecendo-me com artrites e escolioses
Todas esbranquiçadas e idiopáticas
Deveras emblemáticas com seus sintomas
Por isso coleciono psicoses qualitativas
Em quantitativas progressões aritméticas
Pois minha mente é calejada de variáveis
E minha bílis impacientemente vulcânica
Regurgita minha doce e angelical bulimia
Expelindo de mim os abscessos da poesia
As vísceras cativas, perversas e moribundas
Que pela cavidade, nefasta e espectral
Escorrem podres de meus lábios
Então nesse instante vocifero versos
Desopilando as artérias do coração
Desintoxicando a alma de meus cistos
Diante a convulsão sistêmica e literária
Que enfim, verbalizou o meu silêncio

Elcio Tuiribepi

sábado, 9 de outubro de 2010

Valeu Edu, por semear e compartilhar palavras e melodias neste meu período de seca...
Um abração na alma de todos...bom feriadão...
Um beijo e um sopro na alma...
Valeuuuuuuuuuuuu...




Leitura de um poema quase adulto

Fecha os olhos
E bem de mansinho
Deita sob um pé de sorriso
Estica o braço dos sonhos
E colhe sem pressa
A fruta já madura
Acolhe, aqueça-a nas mãos
Depois furta um pedaço
E absorve em deleite
A seiva da alma
Essa que mais lembra
Um beijo inocente e lascivo
A sorrir e brincar em sua face
Então, deguste-a
E alimente-se
Do néctar e da polpa
Mas nunca se esqueça
Guarde as sementes
Nos arredores da alma
Depois as plante
Uma a uma, outra vez
Dentro de mim
Para que sempre renasçam
Pés de ternura e carinho
No pomar da vida
Depois com cuidado
Permita que o meu sereno
Regue sua pele
Assim devagarzinho
Como se fosse
Pequenas gotas de Sol
Aí então lace o vento
Monta em seu dorso
E cavalga com ele
Em busca da vida
Pois tua alma é plena
É fogo, folha molhada
Terra, raiz e fruto
Intenso rastro de luz
Que profícua e fecunda
Deixa aflorar em seus olhos
O terno e eterno brilho
Da tua própria imensidão

Elcio Tuiribepi
Edu Toribe

domingo, 3 de outubro de 2010

Saudade de todos os amigos e de postar também...



Fala pessoal, muita saudade de todo mundo, então só pra matar esta saudade resolvi compartilhar esta foto tão lindinha que nos concede um momento tão gracioso na história política de nosso país...

Por isso imaginei o seguinte dialogo:

Amor...te espero lá fora, vê se não demora dando entrevistas hein!!
Dá um beijinho dá...você foi muito bem no debate, a sós nós conversamos sobre isso...
Acho que agora você disparou nas pesquisas
Te amo...eu também...rsrsrs...



Alguém arrisca um outro diálogo para essa imagem??? rsrs...

Boa sorte pra gente...a impressão que tenho é que seja quem for, precisaremos de muito tempo ainda pra que as coisas possam mudar realmente...e lembrem-se que o poder está nas mãos dos deputados e senadores...estes sim podem mudar alguma coisa...


Beijão gente, não resisti...um beijo, um queijo e um abraço na alma de todos os amigos...to voltando...

SAUDADEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEE...BEIJOOOOOOOOOOOOO