segunda-feira, 31 de janeiro de 2011

Uma natureza de incontestável ternura


Uma natureza de incontestável ternura

Absorvi da tua alma
Algo maior sobre a vida
Tuas surpresas e esperanças
Percalços e tristezas
Mas também a tua alegria
E a tua força nas palavras
Que é de uma rara franqueza
E ainda um sei lá de valentia
Que devora os teus medos
Pois sinto nos seus castos olhares
Nos teus vastos desejos
Um sentimento sem fronteiras
É que eles te afloram nos gestos
Por isso, logo nasceu a admiração
Então em busca de uma resposta
Raptei a tua dor por algumas horas
E viajei sem medo por tua alma
Descobrindo em suas paragens
Uma inexplicável gentura
A mesma que me preencheu
Com palavras e atitudes tangíveis
De incontestável ternura
Por isso, diante a sua pluralidade
De tão frágil e forte trajetória
Abraço e beijo teus espinhos
Pra que um dia a gente possa
Compartilhar da tua vitória

Elcio Tuiribepi
Edu Toribe

Valeu Edu...um abração na alma...te cuida...beijo no coração
Um abraço "putaquilamerda" cheio de paz e amizade no coração de todos

To na correria...boa semana pra todo mundo...

14 comentários:

  1. É tão bom quando nos aproximamos de pessoas que nos trazem algo bom ao coração...
    Que nos fazem não apenas ver... Mas enxergar a vida com todas as suas nuances.
    Essa safra de inspiração de vocês está riquíssima e confesso que minha vontade é guardar tudo dentro do meu coração!

    Continuem... Quem sabe lançam um livro em parceria? Será um sucesso!!!

    Um abraço carinhoso

    ResponderExcluir
  2. Tão lindo e sutil essas palavras...
    Bom pra revigorar energias e começar bem a smana!!!
    Beijoss

    ResponderExcluir
  3. Élcio e Edu, o bom de ler algo assim, além da emoção que abraça todo o corpo, e se derrama pelos olhos, é imaginar e ter a certeza que, quem sente a profundidade da alma do outro, tirando dela está visão linda que nos proporcionam é porque é assim. Uma alma boa, cheia de gentura.

    Sucesso!!!

    beijos nos olhinhos da alma.

    ResponderExcluir
  4. Meu caro amigo Élcio, vc tem o dom da palavra para expressar sentimentos verdadeiros. Vir aqui te ler é ser levado pela emoção. Bjos na alma.

    ResponderExcluir
  5. Elcio
    Eu sou privilegiada por ter voce comentando.
    Me faz muito feliz!
    E a familia e os amigos são tudo o que a gente tem neste mundo, por isso cada sucesso deles é nosso também.
    Esta poesia vou colocar no meu computador pra ler mais vezes.
    com carinho sua amiga Monica

    ResponderExcluir
  6. As pessoas tem, tem o que dar, como a noite deixa um restinho de frescor azul nas manhãs, também as pessoas, de suas dores, até de suas dores, deixam ondas de luz, suaves ondas que fluem de seus espinhos. Achei lindo demais a espressão "raptei a tua dor" e "abraço e beijo teus espinhos" palavras que dizem de solidariedade, esta capacidade de se colocar ao lado da solidão do outro. Parece uma despedida da parceria, será?, acho que não, o que se amarrou em laços de amizade suporta tempos e distâncias. Um abraço forte, boa semana, tudo de bom.

    ResponderExcluir
  7. Nossa!
    aqui, nesse escrito a quatro mãos, desenho feito por mil idéias, ideais em dois pensamentos, faço tantas leituras. Um canto à mãe natureza!? um abraçar-se, incondicionalmente!? um aceitar o outro sem esperar reciprocidade!?
    E vou, passeando pelo poema e sentindo, sentindo o que ele diz prá mim ou que ele diz de mim?
    O que sei é que essa parceria é tão bonita. Dá uma vontade, assim, de ficar por perto.
    Um abraço

    ResponderExcluir
  8. Esse duo (Élcio e Edu) me impressiona pela qualidade e sensibilidade de suas poesias. Parabéns, o poema de hoje, é simplesmente maravilhoso.
    Um abraço.

    ResponderExcluir
  9. Quis atingir?Conseguiu..estou emocionada com tanta gentura compartilhada.Bela semana,cheia de amor e paz!"Mais que demais"
    1000 bjs!
    Mari

    ResponderExcluir
  10. Quando houver integração, Elcio, entre homem/natureza o mundo ficará mais policromático. Abraços

    ResponderExcluir
  11. Querido poeta! Absorvi a força dessas palavras. Viajei em poesia... e em música. Tudo lindo! Abraço ao Edu. Beijo para você

    ResponderExcluir
  12. Depois de algum tempo, retornando sobre os passos que deixaram vestígios dos lugares que me são caros... Fique com meu carinho e a minha saudade, bjs.

    ResponderExcluir
  13. Elcio, tão belo poema. Infelizmente poucas pessoas estão interessadas em ver a outra como ela é. Procurar na essencia a beleza e leveza.
    O ser humano sempre está em busca de algo mais, sem tentar entender e admirar quem está ao seu lado.

    Beijos !

    ResponderExcluir
  14. Paragem para amor e tão bom...

    Fique com Deus, menino Elcio Tuiribepi.
    Um abraço.

    ResponderExcluir

Semeando