segunda-feira, 23 de abril de 2012



O livro que escolhi para perder, na verdade para compartilhar foi o "Pensar é transgredir"da Lya Luft.

                "Pensar pede audácia, pois refletir é transgredir a ordem superficial que nos esmaga."

Ainda não o perdi...to indo agora...rs...de repente o deixo num ponto de ônibus ou quem sabe no meio da ponte ou ainda na praça ou em algum outro lugar qualquer da cidade...rs
                                                          Boa semana para todos.

8 comentários:

  1. Opa, bacana esta idéia, lembro-me até que nosso amigo Veloso usou a Lady Garça para divulgar este ato de 'esquecimento', rsrsrsrsrs.
    Um outro lance legal é ler o livro em ônibus ou metrô e fazer expressões faciais alegres, dar bons sorrisos (até boas risadas), depois distraidamente 'esquecê-lo' no assento, as pessoas ficam super curiosas. E funciona mesmo!
    Cordial abraço, saúde e muita paz!

    ResponderExcluir
  2. Esse livro é tri legal!! Bela participação. Uma linda semana, tuuuudo de bom,chica

    ResponderExcluir
  3. QUE GIRA A IDEIA DE OFERECER UM LIVRO SEM SABER A QUEM, QUE PENA VIVER EM PORTUGAL,IRIA ANDAR TE ESPIANDO PARA FICAR COM ELES ADORO LIVROS,BEIJOS E BOM FIM DE SEMANA AMIGO

    ResponderExcluir
  4. Cheguei atrasada...Mas você bem sabe a causa foi justa.
    Participei desse evento o ano passado,foi muito bacana.Libertei as tirinhas da Mafalda,só que depois fui e comprei outro.
    Beijão

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Custaram a pegar o livro Mari...rs...uma libertação dificil...rs...então voce se apegou ao livro da mafalda...rs
      Um abraço na alma...bjo

      Excluir
  5. Olá amigo voltei para te dizer que postei minha filhota a tocar violino,beijos

    ResponderExcluir
  6. Esqueci de dizer que o poste é um video onde a pode ouvir tocar,beijos e boa semana

    ResponderExcluir
  7. Caro amigo

    Perfeita a ideia,
    até porque um livro
    quando parte de nós,
    segue mais volumoso
    por levar consigo
    muitos dos sentimentos
    que nos habitavam.


    Que a vida lhe
    inunde de alegrias.

    ResponderExcluir

Semeando