domingo, 29 de janeiro de 2012

UMA ANALOGIA PERFEITA



No ventre de uma mulher grávida dois gêmeos dialogam:

- Você acredita em vida após o parto?

- Claro! Há de haver algo após o nascimento. Talvez estejamos aqui principalmente porque nós precisamos nos preparar para o que seremos mais tarde.

- Bobagem, não há vida após o nascimento. Afinal como seria essa vida?

- Eu não sei exatamente, mas certamente haverá mais luz do que aqui. Talvez caminhemos com nossos próprios pés e comeremos com a nossa boca.

- Isso é um absurdo! Caminhar é impossível. E comer com a boca? É totalmente ridículo! O cordão umbilical nos alimenta. Além disso, andar não faz sentido pois o cordão umbilical é muito curto.

- Sinto que há algo mais. Talvez seja apenas um pouco diferente do que estamos habituados a ter aqui.

- Mas ninguém nunca voltou de lá. O parto apenas encerra a vida. E afinal de contas, a vida é nada mais do que a angústia prolongada na escuridão.

- Bem, eu não sei exatamente como será depois do nascimento, mas com certeza veremos a mamãe, e ela cuidará de nós.

- Mamãe? Você acredita em mamãe? Se ela existe, onde ela está?

- Onde? Em tudo à nossa volta! Nela e através dela nós vivemos. Sem ela não existiríamos.

- Eu não acredito! Nunca vi nenhuma mamãe, por isso é claro que ela não existe.

- Bem, mas às vezes quando estamos em silêncio, posso ouvi-la cantando, ou senti-la afagando nosso mundo. Eu penso que após o parto, a vida real nos espera; e, no momento, estamos nos preparando para ela...

(Autor Desconhecido.)
NÃO É QUE DEPOIS DE TODA ESSA POLÊMICA A DISCUSSÃO CONTINUOU...RSRS...



RSRS...E A DISCUSSÃO NÃO TEM FIM...PORQUE  O MISTÉRIO SEMPRE EXISTIRÁ...RS...MAS UM DIA A GENTE DESCOBRE...RS



UM ABRAÇO NA ALMA...BEIJO NO CORAÇÃO...RS

quinta-feira, 26 de janeiro de 2012

Sucata Animada em Itanhandu

 https://mail-attachment.googleusercontent.com/attachment?ui=2&ik=dcead81b06&view=att&th=13514a57bdfac34e&attid=0.1&disp=inline&realattid=file0&safe=1&zw&saduie=AG9B_P8QPnVHZRy0m44LEgzcMELL&sadet=1327619972732&sads=LHhQ1pSFrd3SUeU7oQ05Mtrg0-g


Oi galera...

Hoje to aqui para compartilhar com os amigos essa minha experiência prá lá de gratificante.

Fui ajudar o Cacinho nesta animação realizada em Itanhandu, cidade bastante acolhedora do Sul de Minas...na verdade aprendi mais do que ensinei...rs...


Além disso nos fartamos com a comida mineira acompanhada quase sempre de uma cachacinha para abrir o apetite e uma cervejota para não perder o costume...rsrs...engordei 18 quilos....kkk...brincadeirinha gente...

Assim que for possível vou postar a animação aqui...ainda não pode porque eles pretendem participar de um concurso de curtas e tem de ser inédito...mas assim que der...estará aqui...

 
Nesta foto a gente se apresentou e o Cacinho começou a dar explicações teóricas sobre animação com sucatas, massinhas, desenho e outras formas bastante interessantes de animar.



 Nessa outra eu estou criando meu robô, fiz rapidinho, pois inspirei-me num robôzinho muito conhecido de um antigo seriado da TV rsrs... para depois poder ajudar a galera que ainda estava um pouco enrolada na criação dos robôs.


Este à esquerda da tela é o meu robô...rs...eu o batizei de TEMmoso Sorriso Valente...o outro foi feito pelo Cacinho..o de Zoião...rs


 Essa dupla de dois aqui é muito talentosa...rsrs, André e Juliana são namorados, todos dois são craques com massinhas...ela fez um ponêi e ele o Mago Verde...personagem principal da história...



Lembram deste robô? Do Dr. Smith...do seriado Perdidos no Espaço? 

Então...foi daí que tive a idéia de fazer o meu robozinho...rs...uma homenagem ao seriado que eu tanto  gostava de ver...rs...assim feito alguns que frequentam aqui o Verseiro, tenho certeza disso...rsrs...

Valeu Cacinho e galera de Itanhandu...só quem faz consegue entender e dar o real valor aos tres minutinhos de animação...Ufaaaa...rs...muita inspiração...muita criatividade...mas também muita ralação...rs

Um abração na alma de todos...muita paz, amor e saúde...valeuuu!!

domingo, 22 de janeiro de 2012

O que vocês acham...

Fiz este comentário no grupo Brasileirissimos, lugar onde discutimos e compartilhamos sobre a nossa MPB.

Neste dia surgiu uma discussão sobre o talento do Simoninha ao cantar uma música de Chico e as coisas esquentaram nos comentários...para jogar água na fervura, pois duas pessoas estavam começando a pegar pesado, soltei este comentário...pois algumas pessoas falavam do mau humor ou da falta de educação de artistas como Caetano, Oswaldo Montenegro e outros...

"Nossa...li todos os argumentos...acho que quando presenciamos um ataque de estrelismo no palco a nossa visão do artista fica comprometida...de alguma forma queremos dele uma cumplicidade...uma coisa mais humana...que traga a gente pra perto...alguns tem isso como dom...o chamado carisma com a platéia...pois a forma de interagir faz a diferença também...

Kleiton e Kledir fazem parte dessa talvez minoria, conseguem ir além, embora todos tenham seu dia de mau humor...o que não não justifica qualquer grosseria...
Uma vez assisti um show do Leo gandelmam e um grupo de pessoas ria...bebia , discutia e faziam de tudo...menos assistir ao show...ele não foi grosso...mas se fez entender de uma maneira que o próprio publico interagiu a favor dele, o pessoal que fazia a zueira se sentiu constrangido e parou...existem formas e maneiras...bom, a polemica é sempre boa...pelo jeito não é só politica e futebol...rs...assim todos nós ganhamos com a diversidade de gostos que se apresenta por aqui"

Para provar o que disse vou colocar aqui algumas fotos e falar um pouco sobre alguns momentos em que a dupla Kleiton e Kledir mostrou isso de uma maneira muito bacana.



 Nesta foto ele desceu do palco e interagiu com a platéia, inclusive esta que aparece sorrindo e meio que surpresa é minha filha mais nova. Ele sentou-se no colo da minha sobrinha e continuou tocando...foi engraçado a reação das pessoas.



Nesta foto tirada dentro do camarim perguntei ao Kleiton como tinha surgido a idéia de escrever a música "N" e pacientemente me foi explicado que a letra não tinha nenhum significado especifico, era apenas a junção de silabas não aleatórias que encaixavam na melodia. Para quem não conhece a letra desta música ela é formada por silabas que não correspondem a nenhuma palavra, tipo: nacequepeladetomiro...patemilafocatenezum... e assim segue  letra...eles disseram que foi uma brincadeira para descobrir sons e  timbres com as silabas...neste dia matei minha curiosidade...rs



Aqui de outro ângulo minha filha mais velha rindo a toa com a surpresa...rs...



Aqui uma panorâmica da platéia...pelo semblante das pessoas dá para notar a forma intimista de como o show é conduzido.

Já fui em três shows dessa dupla e em todos isso acontece de forma muito natural...

Vale a pena...rs

Um abraço na alma...beijo no coração de todos...

sexta-feira, 13 de janeiro de 2012

MADUREZ



Madurez

Meus trajetos fazem curva

Derrapam em meu script

E assim o texto se improvisa

Dentro de um súbito roteiro

Que se alumia equilibrado

Frente à luz da madurez

É o gestar dos pensamentos

Esfumaçando a tez da alma

Com seu incenso de genturas

Pois só a verdade me acalma

Já que me prendo a solidez

Da minha própria realidade

Posto que no leito da emoção

Toda a palavra me invade

Abrindo caminhos e ternuras

Por esse motivo ainda sigo

Mata fechada, noite adentro

Levando nas costas uma mochila

Em meus olhos uma candeia

E nas mãos, um cantil com poesias

Pois nessas horas sinto sede de mim

E fico a me aguar feito semente

Até que então, planto-me de novo

Dentro do meu próprio coração

Para depois conversar baixinho

Intimamente com Deus

Aí peço algumas gotas de chuva

E uma pequenina réstia de Sol

Nada muito além disso

Pois creio que na caminhada

Sempre haverá uma sombra

Uma vertente de águas limpas

E a mais fiel das bússolas

A guiar meu coração


Elcio Tuiribepi

domingo, 8 de janeiro de 2012

VIVER É UMA ARTE

Conforme prometi, cá estou para falar sobre o lançamento do livro da mãe...


 Apesar das fotos terem ficado muito legais, as coisas não sairam exatamente como imaginamos, Dona Elza na quinta-feira nos deu um susto, passou mal e foi parar no hospital, ficou internada, mas nada grave, na sexta teve alta.




Cancelamos o lançamento oficial...rs...e fizemos uma comemoração assim mais familiar, com alguns amigos apenas, pois ela necessitava de repouso. 



  O melhor disso tudo foi vê-la melhor , alegre, feliz e super sorridente com a presença de todos.




 Cacinho improvisou um enfeite para o bolo e arranjamos uma "vela de aniversário" para que cantássemos parabéns pelo menos umas oito vezes...rs...nesta foto o Edu com fome quase arranca minha orelha...rs

BOA SEMANA PARA TODOS...COM MUITA PAZ, AMOR E SAÚDE...DEVER CUMPRIDO...RS

Abaixo um dos poemas da mãe...

“Viver é uma Arte”

Não posso negar,
Os sinais de envelhecimento,
Que me perturbam.
Decidi encarar meus problemas,
Diante das mudanças que sinto em mim.
Confronto-me no espelho,
Para não me iludir, e
Reparo bem: cabelos brancos,
Olhar sem brilho, rugas, vista fraca,
Memória confusa, cansaço, dores...
Lembro minha imagem de trinta anos atrás,
Mais agradável.
Mas devo aceitar a nova.
Viver é uma arte!
Há também, lembranças gostosas,
Alegres e cheias de carinho.
Muitas experiências de vida para ensinar.
É madrugada, chegou o ano novo.
No céu as estrelas brilham,
E o luar inunda tudo de luz.
Estou feliz!
Não estou só.
Viver é uma arte!
Obrigada Senhor pela minha família!

Elza Ribeiro Pinto





segunda-feira, 2 de janeiro de 2012

FELIZ NIVER MÃE...feliz vida e parabéns pelo livro...


Olá pessoal...hoje dia 3 de janeiro é niver da Dona Elza, minha mãe...rs...ela está completando 80 aninhos e fizemos este livro quase surpresa para comemorarmos junto aos amigos e familiares essa data tão especial que marca a história de vida de uma pessoa prá lá de fundamental em nossa formação como ser humano.


Ficamos com receio de contar só na hora, pois ela é uma pessoa muito simples e não gosta de muita badalação...rs...por isso decidimos deixar ela a par dos acontecimentos...dia 7 (sábado) agora será a festa de lançamento...rs...

No dia que contamos, ela de inicio ficou zangada, nervosa...tremia...e até chorou de tão nervosa...rsrs..e disse assim: Vocês não podiam ter feito isso comigo...rs...hoje acho que fizemos o certo ao contar...rs

O mano Cacinho fez a capa, o mano Edu fez a orelha e o mano Elcio aqui...rs...o prefácio...descobrimos alguns errinhos de digitação..rs...mas nada que abale o verdadeiro intuito dessa comemoração...retribuir todo carinho, amor e desprendimento de Dona Elzinha para conosco...

Na contracapa alguns depoimentos de familiares e amigos...

Ela agora que se acostumou com a idéia já está até falando assim: Meu filho, será que tem jeito de fazer um assim mais baratinho pra que eu coloque as poesias dos cadernos antigos, já que as folhas estão ficando meio que amareladas...rss...vai vendo aí...rsrs

Será no sábado dia 7, na casa dela mesmo...aqui em Barra do Piraí...estão todos convidados...rsrs...ela não quis fazer em nenhum outro lugar, Deus nos proteja se todo mundo resolver comparecer....kkkkk...

Deixo aqui uma frase que descobri em um de seus cadernos e que por achar muito bonita em seu conteúdo, escolhi para colocar na primeira página junto a uma foto dela ainda menina...



Não consigo guardar ressentimentos.
Por sorte , tenho péssima memória
Quando se trata de lembrar das coisas ruins.

Graças a Deus.

Elza Ribeiro Pinto              

Valeu gente...to feliz...contente de poder vê-la sorrindo e agora empolgada com o lançamento..é a fama...kkkk

Beijão em todos...boa semana...sorriso valente...sempre!!