sábado, 18 de agosto de 2012

NEGBA



Ando pesquisando poemas africanos e estou alegremente surpreso com a qualidade da maioria deles.

Um abraço na alma de cada um dos amigos que fiz por aqui...muita paz, amor e saúde para todos...

Saudade da galera....valeuuuuuu!!!! Beijo no coração!


NEGBA

Passas dengosa
                        perfumosa
                        exibindo olhares lascivos
às multidões do sexo.
                        Balouças
                        a flor de lótus
                        que escondes no teu corpo
                        por entre a garridez
                        de tecidos virginais
                        e vais
                        deixando pólen
                        gostoso
                        africanoso
                        em detalhes colíricos
                        de afectuosas manhãs

Olinda Beja

Sobre a autora desse poema...que não é a moça da foto ok...rs

Biografia

Olinda Beja nasceu em Guadalupe – São Tomé e Príncipe, em 1946. Licenciou-se em Línguas e Literaturas Modernas na Universidade do Porto, sendo actualmente professora do ensino secundário.

A sua obra tem incidido principalmente sobre temas africanos, com títulos como Bô Tendê, Leve, Quinze Dias de Regresso, No país do Tchiloli e Pingos de Chuva em que a presença da sua Mãe África é profunda e plena de sentir.